AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Novo projeto busca ampliar a formação de recursos humanos e pesquisas científicas na Amazônia Legal

Fonte: Unsplash

O Governo Federal confirmou, no dia 16 de novembro, a criação de mais um projeto que deve focar no desenvolvimento de pesquisas científicas em toda a região da Amazônia Legal. O Sistema Amazônico de Laboratórios Satélites MCTI (SALAS MCTI) vai construir novas infraestruturas com o objetivo de formar cada vez mais profissionais capacitados no desenvolvimento deste setor. As novas tecnologias estão ganhando espaço na economia local, e esse tipo de projeto é um sinal positivo para o futuro.

Esse anúncio aconteceu no Dia Nacional da Amazônia Azul, em que relembramos a importância da parte marítima da maior floresta do Brasil. A ideia foi aproveitar o tema para mostrar como as inovações tecnológicas podem ajudar na preservação do meio ambiente. Afinal, o projeto SALAS MCTI deve atuar para que pesquisas e profissionais encontrem alternativas limpas para o futuro da Amazônia Legal.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações será responsável por administrar o projeto, que promete criar oportunidades para a região, além do foco ao meio ambiente. A Amazônia é uma região rica por diferentes motivos, e o incentivo em novas tecnologias pode causar um impacto positivo nos nove estados que compõem a Amazônia Legal. Uma das ideias é articular novas parcerias nacionais que consigam atuar na região e até abrir espaço para startups.

Recentemente, o investimento na Amazônia tem gerado novas formas de economia e ampliado a oportunidade para trabalho. A passagem do navio CSSC Amsterdam,

maior graneleiro que já navegou as águas da Amazônia, foi uma amostra de todo o potencial que existe de expansão. Entretanto, para conseguir mais resultados, é preciso gastar em investimento e em novas tecnologias.

Meio ambiente em alta

Fonte: Unsplash

A Amazônia foi um dos temas mais comentados de 2020, principalmente com foco na sustentabilidade e na preservação da natureza. Por conta disso, o momento de centrar na região e conseguir parcerias para novos projetos é perfeito e pode entregar bons resultados. Isso foi um dos incentivos para o Governo Federal anunciar a criação e o investimento no projeto SALAS MCTI.

Essa atenção e foco ao meio ambiente tem ganhado espaço em diferentes setores, desde congressos internacionais até em produções voltadas para o entretenimento. Um exemplo que podemos citar aconteceu em Lisboa no fim de 2019, quando a ONU Meio Ambiente realizou a Conferência sobre Oceanos. Outros congressos para discutir o tema vão acontecer durante 2021, principalmente na Europa e na América do Sul.

No entretenimento, a natureza aparece como tema em diferentes produções, desde documentários até nos jogos online. Por exemplo, The Golden Amazon é uma slot machine gratuita com a temática da floresta amazônica, e que deve agradar os fãs do meio ambiente e também de apostas online. Já o documentário David Attenborough e Nosso Planeta tem feito sucesso em uma das principais plataformas de streamings disponíveis no país. A produção fala sobre a preservação da natureza na terra.

Brasil no centro

Com a preservação do meio ambiente se transformando em um tema principal em todos os cantos do mundo, as ações do Brasil são cada vez mais importantes neste sentido. Realizar projetos que alinhem novas tecnologias com a preservação da Amazônia Legal é o primeiro passo na direção correta para o futuro.

O SALAS MCTI foi anunciado recentemente, e ainda precisa se desenvolver. Entretanto, apoiar esse projeto é abrir oportunidade para novas estruturas. Assim, a pesquisa e o recurso humano na Amazônia podem ser capacitados para uso na economia local e também no meio ambiente.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: