AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Fundo diz que Anvisa não recusou pedido da Sputinik V

Anvisa solicitou informações adicionais sobre a vacina

O Fundo de Investimento Direto da Rússia divulgou nota hoje (18), por meio da Embaixada da Rússia no Brasil, negando que o pedido de autorização emergencial para a vacina Sputinik V tenha sido recusado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o fundo, a agência solicitou informações adicionais sobre a vacina, que serão “fornecidas brevemente”. “A solicitação de informações adicionais pelo regulador é um procedimento padrão e não significa uma recusa de registro”, diz a nota.

Ontem (17), a Anvisa disse que há informações insuficientes no caso da Sputinik V. O imunizante não cumpriria um requisito importante, a realização de estudos clínicos na Fase 3 LINK 1 .

Veja também:
Faixas de contribuição à Previdência dos servidores são reajustadas
WhatsApp: Mudanças fazem app sair do 1° lugar; Telegram lidera
Peixe é ingrediente importante para uma dieta saudável

O Fundo de Investimento Direto da Rússia declarou no comunicado que aguarda projeto de lei já aprovado na Câmara dos Deputados e que ainda precisa ser apreciado no Senado, que permitiria o uso no Brasil de vacinas autorizadas em outros países.

O fundo informou ainda que a vacina teve o uso em caráter emergencial autorizado na Sérvia, Argentina, Belarus, Bolívia, Argélia, Palestina, Venezuela e Paraguai.

A Agência Brasil entrou em contato com a Anvisa e aguarda retorno.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: