AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Tóquio: governadora diz que comentário machista é um “grande problema”

Yuriko Koike referiu-se à repercussão após fala do ex-premiê japonês

Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm um “grande problema”, depois de o chefe do comitê organizador local ter feito um comentário machista, afirmou a governadora de Tóquio nesta sexta-feira (5), enviando uma mensagem clara de que a crescente controvérsia pode manchar o evento.

Yoshiro Mori, 83, motivou uma onda de reações nas redes sociais, em casa e no exterior, ao dizer nesta semana que mulheres falam demais, durante uma reunião do Comitê Olímpico Japonês (COJ). Ele posteriormente retirou seus comentários e pediu desculpas, mas se recusou a renunciar.

O incidente é mais uma nuvem sombria pairando sobre os Jogos, adiados por um ano por causa da pandemia de coronavírus, apenas alguns meses antes da cerimônia de abertura.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) afirmou na quinta-feira que o pedido de desculpas de Mori resolveu o assunto, mas as críticas ao ex-primeiro-ministro octagenário apenas cresceram na sexta-feira.

“A missão da metrópole e do comitê organizador é preparar Jogos que sejam seguros, e estamos enfrentando um grande problema”, afirmou a governadora de Tóquio, Yuriko Koike.

A raiva causada pelos comentários de Mori deve alienar ainda mais o público japonês, desconfiado das tentativas do governo de realizar os Jogos durante a pandemia. Quase 80% do público se opõe à realização dos Jogos em julho, segundo a mais recente pesquisa.

Reuters

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: