AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

EUA recomenda uso de duas máscaras para evitar variantes do coronavírus

Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do país sugere que se reforce a utilização do item de proteção

Nesta quarta-feira (10/2), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos atualizou suas recomendações e passou a sugerir o uso de duas máscaras para evitar a contaminação pelas novas variantes do coronavírus.

Rochelle Walensky, a diretora do órgão, explicou, em entrevista coletiva, que há estudos comprovando a eficácia deste método contra a transmissão das cepas. “As máscaras funcionam melhor quando têm um bom ajuste e são usadas corretamente”, completou.

Segundo Anthony Fauci, o infectologista conselheiro do governo americano e uma das principais vozes no combate à pandemia, a variante britânica é a que mais preocupa o país até o momento. A expectativa é que ela seja dominante no território americano até o final de março.

Apesar disso, ele afirma que as vacinas que estão sendo administradas são eficazes contra as novas cepas. Até o momento, são aplicados os imunizantes da Pfizer/BioNTech e Moderna nos Estados Unidos.

Veja mais no Metrópoles

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: