Hoje é Dia Mundial de Conscientização da doença de Parkinson

DIA 11 DE ABRIL DE 2022:

  • Dia do Prefeito [Em diversos municípios brasileiros a data de 11 de abril já é utilizada para a comemoração do Dia do Prefeito. No dia 11 de abril de 1835, o cargo de prefeito foi criado pela Lei nº 18, da Assembleia Provincial Paulista. Apesar de oficialmente o Dia Nacional do Prefeito Municipal ser comemorado em 11 de Abril, existem outras datas que também lembram esse cargo como o dia 6 de Outubro ou mesmo o dia 1 de Outubro, que é a data em que se comemora o Dia do Vereador conforme Lei Federal 7.212/1984].

  • Dia do Infectologista [Na Assembleia Geral da SBI, durante o 14º Congresso Brasileiro de Infectologia, por sugestão do Dr. Francisco Orniudo Fernandes, da Paraíba, foi aprovada a criação do “Dia Nacional do Infectologista”, transferindo para o Conselho Deliberativo a definição da respectiva data, que referendou e aprovou a dada de 11 de abril, dia do nascimento de Emílio Ribas (1862–1925), notável médico reconhecido como um dos pioneiros no campo das doenças infecciosas no Brasil].

  • Dia da Escola de Samba [O dia 11 de abril é considerado o Dia da Escola de Samba. A data foi escolhida por remeter ao dia da fundação do bloco carnavalesco Ouro sobre azul, criado, em 1923, por Paulo Benjamin de Oliveira, popularmente conhecido como Paulo da Portela, apelido que recebeu devido à Estrada do Portela, via que corta os bairros de Madureira e Oswaldo Cruz].

  • Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson [11 de abril é o Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson e informar-se sobre essa e outras doenças comuns à sociedade pode ser fundamental para a busca de ajuda médica no tempo adequado e para a realização de um tratamento responsável. O Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson foi estabelecido pela Organização Mundial de Saúde, em 1998, e tem como objetivo esclarecer a doença e as possibilidades de tratamento para que o paciente e sua família tenham uma melhor qualidade de vida. O quadro foi identificado pela primeira vez, em 1817, por James Parkinson, que descreveu os principais sintomas da doença publicados no Ensaio sobre a Paralisia Agitante].

  • Morre, no Rio de Janeiro, o escritor Joaquim Manuel de Macedo (11/04/1882), autor da obra A Moreninha (1944), um dos clássicos da literatura romântica nacional. Ele Nasceu em Itaboraí (RJ), em 24/06/1820. A Moreninha, sua obra-prima, deu origem ao romance romântico brasileiro. Foi preceptor dos netos do Imperador Pedro II. É Patrono da cadeira nº. 20 da Academia Brasileira de Letras. Formou-se em Medicina em 1844, e no mesmo ano publicou o romance “A Moreninha”, que foi muito apreciado pelo público da época. Em 1849 fundou a “Revista Guanabara”, juntamente com Gonçalves Dias e Porto Alegre. Foi professor e jamais exerceu a medicina, tendo sido fundador e orador oficial do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Envolvido na política, foi deputado em várias legislaturas. Outras obras do autor: O Moço Loiro, 1845; Os Dois Amores, 1848; A Luneta Mágica, 1869. Joaquim Manuel de Macedo faleceu no Rio de Janeiro, no dia 11 de abril de 1882.

  • Dia de Santo Estanislau [Estanislau era polonês, nasceu na Cracóvia, em Szczepanowa, no ano 1030. Seus pais eram pobres, mas encontraram nos monges beneditinos uma forma de dar educação moral e espiritual ao filho. Assim, quando terminou os estudos básicos, Estanislau conseguiu seguir e concluir o ensino superior na Bélgica, na célebre Escola de Liège. Estanislau foi martirizado por um amigo, por não tê-lo apoiado contra os preceitos católicos, mesmo na condição de rei. Tão disciplinado era o bispo que exigia essa mesma disciplina de seu rebanho, que nem o cargo soberano do infrator o fez calar-se, pagando por isso com a própria vida. Estanislau foi trucidado no dia 11 de abril de 1079. Imediatamente, passou a ver venerado pelo povo polonês, sendo canonizado em 1253. Seu culto, até hoje, é muito difundido na Europa e na América].
    ……………………………………..
    (Pesquisa, seleção, edição e condensação dos textos:Paulo Tarso Barros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: