AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

PF combate crimes de abusos sexuais contra crianças no Pará

Policiais cumprem um mandado de prisão e três de busca e apreensão

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (29) a Operação Atrocitas, para combater crimes de estupro de vulnerável e de produção e armazenamento de material pornográfico infantil, em Marabá, no estado do Pará.

As investigações iniciaram a partir de relatório produzido pelo setor especializado no combate ao abuso sexual infantil da PF. “Com o aprofundamento das apurações, verificou-se que o suspeito se valia da convivência íntima com as crianças para cometer os abusos e fotografar as cenas, armazenando as imagens em aparelhos telefônicos e servidores na internet (nuvem)”.

Veja também:
No dia Mundial da Educação, número de estudantes impactados negativamente pela pandemia impressiona
Contran prorroga prazo para motoristas realizarem exame toxicológico
Comissão da Câmara aprova convocação do ministro da Defesa

Os policiais federais cumprem, desde as primeiras horas da manhã, um mandado de prisão preventiva e três de busca e apreensão. As ações ocorrem simultaneamente, também, nas cidades de Parauapebas e Viseu, no Pará; e Senador Canedo, em Goiás.

De acordo com a PF, o nome da operação, Atrocitas, é o “termo em latim para atrocidades, ação repleta de perversidade, crueldade”.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: