MP-AP realiza curso de formação virtual para 2ª turma do projeto “Crescer sem Violência”

O Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP), por meio do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAO-IJ), e o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FEPETI-AP) firmaram parceria com a Fundação Roberto Marinho e o Canal Futura, para realizar o curso de formação virtual projeto “Crescer sem violência” e, nesta segunda-feira (21), iniciaram a capacitação para a segunda turma, via plataforma zoom. A ação está voltada para a qualificação de famílias, educadores e profissionais da rede de proteção com informações necessárias para a defesa do público infanto-juvenil.

A capacitação assegura as bases com conhecimentos de qualidade para progresso das lutas no combate a crimes cometidos contra crianças e adolescentes, e dialoga novas ideias, traçando estratégias para o melhoramento do trabalho em diversos objetivos, em especial para o fortalecimento da proteção. Os diálogos estão vinculados aos eixos de atuação do CAO-IJ integrado à Rede Abraça-me e ao FEPETI-AP.

A procuradora de Justiça e coordenadora-geral dos Centros de Apoio Operacional do MP-AP, Judith Teles, participou da capacitação virtual e agradeceu aos organizadores e colaboradores do curso e ressaltou a importância da formação virtual.

“Gostaria de destacar a importância deste trabalho. Não vivemos sem parcerias, pois essa conquista é graças às colaborações que nos permitem trabalhar para a melhoria de vida das crianças em situação de vulnerabilidade social. Agradeço aos parceiros deste curso”, comentou a procuradora Judith Teles.

O promotor de Justiça e coordenador do CAO-IJ, Miguel Ferreira, por sua vez, também agradeceu a parceria para capacitar toda a rede de proteção e, assim, MP-AP e órgãos envolvidos ficarão ainda mais eficazes nas execuções do trabalho em defesa da criança e do adolescente.

“Agradeço pela oportunidade que nos foi dada, de capacitar, informar nossos operadores aqui no Estado do Amapá, com certeza esse aprendizado irá facilitar no dia-a-dia do trabalho de cada um de nós”, destacou o promotor Miguel Ferreira.

A relevância da temática também foi abordada pelo promotor de Justiça e chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, João Furlan, que representou a PGJ, Ivana Cei, e agradeceu a oportunidade da qualificação.

“Aqui no Amapá, com muita vontade e determinação, a rede de atendimento funciona. Há a união do sistema em prol da proteção das crianças e dos adolescentes. Este curso vem para somar, para que tenhamos êxito neste trabalho”, ressaltou João Furlan.

Os consultores do Canal Futura, a psicóloga Maria Amélia e o pedagogo Roberto Souza, discorreram por temáticas diversas, contextualizando situações problemáticas cotidianas com crianças e jovens, dando exemplos e maneiras de trabalhar de acordo com cada situação.

A capacitação será realizada no período de 21 a 24 de junho, e como metodologia de firmar a qualificação, as vagas foram limitadas para garantir a presença dos órgãos e entidades do sistema que trabalham em prol do referido público. Com certificação aos participantes, pelas 16 horas de aulas, para representantes dos municípios de Macapá, Cutias, Itaubal, Mazagão, Serra do Navio, Pedra Branca do Amaparí, Laranjal do Jari e Vitória do Jarí.

Texto: Halanna Sanches/MP

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: