Especialistas explicam melhor momento para trocar o treino de musculação

O iBahia buscou profissionais para listarem os motivos das mudanças de treinamento para cada objetivo, seja ele emagrecimento ou hipertrofia

Lucas Salles

Se você é adepto a prática de musculação na academia, com certeza já percebeu de tempos em tempos o professor muda as séries, os pesos, as repetições e o tempo de intervalo dos exercícios do seu treinamento. Existe um bom motivo para isso: o corpo precisa se adaptar à novos exercícios físicos para que os resultados, sejam eles emagrecimento ou hipertrofia, apareçam.

Para o personal trainer, Rogério Silva, as variações de treino é uma estratégia usada tanto para o indivíduo que busca emagrecer ou para aquele que planeja chegar na hipertrofia, pois o corpo precisa de novos estímulos para alcançar os objetivos desejados. “As mudanças tornam o treino menos monótono e geram um novo estímulo psicológico”.

Rogério Silva explicou que cada indivíduo deve estar sempre acompanhado de um profissional e que esse especialista precisa realizar avaliações no aluno para indicar a necessidade mudar o plano de treino. O personal ainda garantiu que a troca faz parte do plano de construção corpórea de cada um e que não é necessário o aluno buscar alterar o treino a todo momento: “o corpo necessita de tempo para se adaptar a esse novo estímulo”.

Durante o período de mudanças, o personal Igor Vinícius Ramos garantiu que o indivíduo pode sentir dores musculares. “As dores após a alteração de treino são normais por causa da adaptação corporal e elas podem durar entre dois ou três dias”, pontuou o profissional.

Veja mais no iBahia

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: