Prédio com acervo da Funarte é interditado por problemas estruturais

Prédio fica no centro do Rio de Janeiro

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) decidiu interditar o prédio que abriga o seu Centro de Documentação e Pesquisa (Cedoc), no centro do Rio de Janeiro. Segundo portaria publicada hoje (19) no Diário Oficial da União, a decisão leva em conta o estado do imóvel, “cujas condições físicas e estruturais atuais colocam em risco a integridade do acervo e das pessoas que nele trabalham e utilizam de seus serviços”.

O edifício fica na Rua São José, número 50, e ficará fechado por tempo indeterminado. A Funarte afirma que o imóvel não atende mais às qualificações para guardar o acervo do Cedoc com segurança e precisa de reformas que não poderiam ser realizadas no local. Segundo a fundação, alertas sobre problemas estruturais têm sido comunicados pelo Cedoc desde 2009.

O centro é responsável pela organização, preservação, acesso e difusão do acervo documental da Funarte. Além de parte da história e da memória da arte e cultura brasileiras, o acervo também guarda informações sobre políticas públicas desenvolvidas para as artes cênicas (teatro, dança, circo), artes visuais (fotografia, artes plásticas, vídeo, entre outras) e música (popular e erudita).

Para que esses serviços sejam mantidos, está em análise a possibilidade de transferência do acervo do Cedoc para novas instalações como, por exemplo, o Museu Casa da Moeda do Brasil, também no Centro do Rio de Janeiro.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: