Feira de Produtos do Campo inicia na modalidade presencial, nesta sexta (1º)

Produtores de Macapá, Distrito do Pacuí, Santana, Itaubal, Porto Grande, Pedra Branca e Mazagão, comercializam hortaliças, frutas, mel, açaí, farinha, polpas de frutas, pescado, plantas ornamentais e artesanato em venda individual e sacolão, com preços diferenciados e de qualidade

Louise Dias

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) e parceiros, promovem a Feira de Produtos do Campo, no estacionamento da sede da instituição em Macapá, nos dias 1º e 2 de outubro, nesta sexta e sábado, das 9h às 18h, respectivamente. A feira conta com a apresentação cultural do cantor Adenor Montteiro.

Segundo o presidente do Sistema Faeap/Senar/Sindicatos Rurais e do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, Iraçu Colares, a feira reúne 44 produtores rurais, cinco (5) agroindústrias, cinco (5) empresas de plantas ornamentais, três (3) empreendimentos de piscicultura e seis (6) artesãs.

“A Feira de Produtos do Campo, cumpre o distanciamento e as orientações das autoridades sanitárias e locais para enfrentamento ao Covid-19. É mais uma ação do Sebrae, de apoio ao produtor rural, os quais representam mais de 70%, de tudo o que chega à mesa do amapaense. Precisamos auxiliá-los nesse processo de aceleração da comercialização, considerando que são produtos perecíveis e os produtores podem perdê-los de maneira muito rápida”, disse o presidente do Sistema Faeap/Senar/Sindicatos Rurais e do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, Iraçu Colares.

Produtora

Uma das agroindústrias que estarão na Feira de Produtos do Campo, é a fecularia Vale do Amazonas. A proprietária, Sandra Siqueira, é parceira do Projeto do Sebrae Mandiocultura – Indústria e Mercado, que iniciou as atividades em julho de 2017. Ela comercializa a goma de mandioca para tapioca, farinha granulada de tapioca e farinha de mandioca regional.

“Participar da Feira de Produtos do Campo, é o momento da consolidação da parceria que a nossa empresa tem com o Sebrae, junto ao consumidor, afinal podemos apresentar produtos, que são frutos da agricultura regional”, finaliza a proprietária da Vale do Amazonas, Sandra Siqueira. 

Veja também:
Estudantes de Medicina criam projeto voluntário para ajudar quem vai fazer o Enem
Escola SESI participa do Simpósio Luso-Brasileiro de Meditação na Educação
Anvisa autoriza importação de radiofármacos

Estrutura

A Feira de Produtos do Campo, possui 288 m² de espaço, com montagem de expositores em TS, para agroindústrias e espaço destinado ao artesanato; pórtico de entrada 6x2m; 45 balcões de exposição e um (1) depósito climatizado medindo 5x4m.

Segurança

De acordo com as recomendações do Conselho Nacional de Saúde, a feira acontece na modalidade presencial em conformidade às normas sanitárias de higiene, segurança e implementação de regras de afastamento social.

Memória

A Feira de Produtos do Campo é realizada desde 2015. O objetivo, é oportunizar aos produtores rurais, clientes do Sebrae, um ambiente de feira diferenciado, onde possam além de fazer negócios imediatos, com a venda direta ao consumidor; realizar prospecção para futuras negociações, visto que no ambiente de feira, o produtor tem contato com empresários do setor de alimentos, que visitam a feira na intenção de conhecer os produtos e realizar parcerias comerciais.

Coordenação

No Sebrae, a estratégia de mercado para o produtor da agriculta familiar, está sob a coordenação das unidades de Atendimento Coletivo – Agronegócio e Indústria (UAC/Agrin), gerente Larissa Queiroz; Administração e Finanças (UAF), gerente Inês Barbosa; Inovação e Competitividade (Unic), gerente Bruno Castro; e Marketing e Comunicação (UMC), Sândala Barros.

Parceiros

Na Feira de Produtos do Campo são parceiros Sebrae, Governo do Estado do Amapá (GEA), Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Amapá (Diagro), e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR).

Serviço:

Sebrae no Amapá:

Unidade de Marketing e Comunicação

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: