Prefeitura de Macapá intensifica ações do Programa Saúde na Escola

Atividades de promoção da saúde física e mental são ofertadas a todos os 34 mil estudantes da rede municipal de ensino, bem como aos seus familiares e aos profissionais que atuam nas escolas.

A Prefeitura de Macapá, por meio das secretarias municipais de Educação (Semed) e Saúde (Semsa), intensifica as ações do Programa Saúde na Escola (PSE) nos estabelecimentos de ensino administrados pelo município, com serviços de promoção, prevenção e atenção à saúde.

Todos os mais de 34 mil estudantes da rede estão entre os beneficiados pelas atividades que abrangem creches, escolas de Educação Infantil e do Ensino Fundamental, bem como das modalidades de ensino atendidas pela Educação municipal, como o Atendimento Educacional Especializado (AEE) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também compõem o público do PSE os gestores, os profissionais da educação e saúde e a comunidade escolar.

“A gestão do prefeito Dr. Furlan entende que a Educação e a Saúde são partes fundamentais de uma política pública voltada para a cidadania e a garantia plena dos direitos humanos de toda a comunidade escolar que integra a rede municipal de ensino”, destacou o secretário municipal de Educação, Edielson Silva.

O fortalecimento das ações do PSE evidencia o trabalho da Prefeitura de Macapá no sentido de integrar e articular cada vez mais as duas áreas. Neste contexto, o Programa passa a apresentar um novo desenho da política de educação em saúde executada na capital, proporcionando melhorias na qualidade de vida da população macapaense.

Na manhã desta sexta-feira (22), por exemplo, os estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Caetano Dias Tomaz, localizada na Fazendinha, receberam atendimentos odontológicos e pediátricos, com especialistas da Unidade Básica de Saúde (UBS) Pedro Barros.

Gestão das Ações

As ações são executadas por equipes das UBSs de referência de cada escola e coordenadas por servidores das pastas da Educação e Saúde do município, em um Grupo de Trabalho Intersetorial Municipal (Gtim), nomeado pelo prefeito.

Tanto o planejamento quanto a execução, monitoramento e a avaliação das ações são realizados coletivamente, de forma a atender às necessidades e demandas locais. Os trabalhos envolvem principalmente Educação e Saúde, mas podem também contar com o apoio de outros parceiros locais representantes de políticas públicas e movimentos sociais (cultura, lazer, esporte, transporte, planejamento urbano, sociedade civil, setor não governamental, entre outros), assim como pelos educandos.

Eixos de Atuação

O PSE executa ações de saúde e prevenção com base em 13 eixos temáticos, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. São eles:

·        Ações de combate ao mosquito Aedes aegypti;

·        Promoção da segurança alimentar e nutricional e da alimentação saudável, visando a prevenção da obesidade infantil;

·        Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS;

·        Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas;

·        Promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos;

·        Promoção das práticas corporais, da atividade física e do lazer nas escolas;

·        Prevenção das violências e dos acidentes;

·        Identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação;

·        Promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor;

·        Verificação e atualização da situação vacinal;

·        Promoção da saúde auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração;

·        Promoção da saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração;

·        Prevenção à Covid-19 (a partir da Declaração de Emergência em Saúde Pública/Portaria n.188 de 03 de fevereiro de 2020).

Através do diálogo entre os representantes dos mais diferentes setores é possível aprofundar saberes e dar início à novas práticas que façam com que as escolas e as unidades de saúde provoquem transformações sociais em cada comunidade, levando em consideração as potencialidades e vulnerabilidades de cada ator envolvido neste processo.

Por Lázaro Gaya

Secretaria Municipal de Educação

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: