Bioparque reabre com meia-entrada para todos os públicos

O espaço retorna após uma semana de manutenção e cuidados com os animais.

O Bioparque da Amazônia tem uma novidade para os amantes da natureza: a unidade retorna com a visitação do público nesta quarta-feira (1º), dia de meia-entrada no valor de R$ 5,00 o ingresso. O ambiente conta com 107 hectares de florestas dentro da área urbana de Macapá, ficando a menos de 15 minutos do centro, com acesso pela Rodovia Juscelino Kubitschek.

“O benefício simbólico garante a meia-entrada para todos os públicos nas quartas-feiras, sem precisar apresentar documentos comprobatórios. Além disso, estamos retornando para o mês natalino, que promete ser cheio de novidades”, destaca o diretor-presidente do Bioparque, José Aranha Neto.

Para entrar no espaço é obrigatório o uso de máscara, que deve ser usada durante todo o passeio do visitante. As programações de contemplação da natureza e ecoturismo estarão disponíveis das 9h às 17h. A bilheteria encerra às 16h20.

Atrações

As trilhas terrestres proporcionam uma experiência única de contato com a natureza. Para quem ama caminhada, a Guarda Parque é a mais indicada, pois possui 4 quilômetros de extensão. Na Pau-brasil, o visitante se encanta no Bosque do Quati, um espaço dedicado aos animais frequentes da unidade. Além disso, as trilhas Ressaca e Sacaca, de 700 metros cada, também proporcionam momentos fantásticos.

A Casa da Árvore costuma agradar as crianças. A atração foi construída a três metros do chão. Além do Jardim Sensorial, que é um espaço acessível para pessoas com dificuldade de locomoção.

Para os amantes de turismo de aventura, o parque possui trilha suspensa, arborismo, parede de escalada e tirolesa. São mais de 300 metros que possibilitam a observação de aves e outros animais que vivem na copa das árvores.

Os preços do circuito são por trecho: Arborismo R$15,00; Parede de escalada R$ 20,00; Tirolesa R$ 20,00; Trilha suspensa R$ 20,00.

Aline Paiva

Fundação Bioparque da Amazônia

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: