Ouça "Episódio 52 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Macapá registra 416 notificações suspeitas e 11 casos confirmados de Covid-19

O Município de Macapá registrou 11 casos positivos e 416 suspeitos de Coronavírus. A atualização ocorreu durante esta quinta-feira, 2 de abril. Ao todo, o Município já notificou 610 casos suspeitos. Deste número, 183 foram descartados, 11 confirmados e 416 suspeitos aguardam resultado dos exames. Os casos positivos de Covid-19 em Macapá foram divulgados pelo Governo do Estado do Amapá.

Dos 11 casos positivos em Macapá, 7 tiveram amostras colhidas pela UBS Lélio Silva e foram notificados positivos pelo Instituto Evandro Chagas, 1 amostra colhida e notificada positiva foi realizada por laboratório particular e os três últimos casos foram  colhidas as amostras e notificadas positivas pelo  Laboratório Central do Amapá (Lacen/AP).

Casos confirmados

O primeiro é de uma mulher de 36 anos, que deu entrada na UBS e passa bem. O segundo caso atestado positivo é do presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, desembargador João Guilherme Lages. Ele já estava sendo monitorado pelo Município, mas fez o exame em um laboratório particular credenciado pelo Ministério da Saúde. O terceiro é de uma mulher de 31 anos, que também se encontra em isolamento domiciliar e clinicamente estável.

O quarto caso positivo é de uma paciente de 36 anos, que recebeu atendimento e fez a coleta do exame na UBS Lélio Silva. O quinto é um homem de 63 anos. Já o sexto é um homem de 45 anos. O sétimo caso é uma mulher de 38 anos e o oitavo é uma mulher de 36 anos. Os outros dois casos positivos, foram divulgados pelo Governo do Estado, são uma mulher e um homem, de 39 e 58 anos de idade, respectivamente, ambos de Macapá. O caso positivo notificado nesta quarta-feira, 1º de abril, é de um homem de 41 anos, que está em isolamento domiciliar.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela saúde municipal.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Cássia Lima

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: