Justiça determina prisão de homem que tentou assaltar adolescente e vítima morre de mal súbito

A pedido do Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Vitória do Jari, o Juízo da Comarca da cidade, expediu, no último dia 10 de dezembro, mandado de prisão preventiva, No Processo Nª 00007433.81.2021.8.03.0012, em desfavor de Mateus da Conceição Lopes, de 31 anos. Ele é acusado de tentar assaltar Diego da Silva Braga, de 14 anos. Na fuga do assalto, a vítima teve um mal súbito e veio a óbito.
 
O pedido do MP-AP é assinado pelo promotor de Justiça Saullo Patrício Andrade e a prisão foi decretada pelo juiz Zeeber Lopes Ferreira. Conforme o titular do órgão ministerial na cidade, a ação do acusado foi determinante para a morte da vítima.
 
Entenda o caso
 
No dia 6 de Dezembro de 2021, aproximadamente 19h, na Passarela Bom Jesus, no Município de Vitória do Jari, o adolescente Diego da Silva Braga, que estava acompanhado de Tiago Henrique Leão Hortas, seu primo, foram abordados por Mateus da Conceição Lopes, vulgo “Professor”, que estava de porte de arma branca e tentou assaltar a dupla.
 
O assaltante perseguiu os dois primos, que correram de Mateus Lopes e conseguiram escapar do roubo. Entretanto, Diego passou mal com falta de ar, desmaiou e chegou morto ao Hospital da cidade.
 
O acusado chegou a ser preso, no dia 8 de dezembro, pela tentativa de assalto que resultou na morte da vítima, porém, em audiência de custódia realizada no mesmo dia, foi solto para responder pelo crime em liberdade provisória. O MP-AP recorreu e alegou que o investigado já era reincidente e possui ação penal e inquéritos policiais em andamento, também por situações relacionadas a grave ameaça, o que motivou o pedido de prisão preventiva baseado em fatos novos para resguardar a garantia da ordem pública
 
“Fui procurado pessoalmente por familiares da vítima, recebi vídeos e mensagens clamando por justiça. Após analisar o caso, o contexto do dos fatos que levaram a morte de Diego, conduta e ficha criminal do investigado, pedimos a prisão do acusado”, comentou o promotor de Justiça.
 
O acusado encontra-se foragido, pois fugiu de Vitória do Jari e está sendo procurado pela Polícia.
 

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: