MP-AP finaliza atividades com balanço de mais de dois mil atendimentos e campanhas educativas

As atividades planejadas pela equipe de Saúde Ocupacional, responsável pelo Programa de Qualidade de Vida da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), proporcionaram mais de 2 mil atendimentos aos membros, servidores, estagiários e colaboradores terceirizados durante o ano de 2021. O calendário foi finalizado com uma live para apresentar os dados estatísticos levantados durante as consultas ocupacionais do programa “Circuito Saúde”, desenvolvido em parceria com o Sistema Nacional da Indústria (SESI/AP), realizado em todas as unidades da instituição, encerrada este mês com atendimentos nas Promotorias de Justiça Criminais instaladas no “Complexo – Promotor Eraldo Afonso Zampa”, no prédio da Fecomércio, no Centro de Macapá.

A equipe de Saúde Ocupacional do MP-AP, composta pelos assessores técnicos Carla Pena e José Villas Boas, o assessor operacional Pedro Paulo da Conceição e o psicólogo Ricardo Barbosa, informaram que em decorrência da pandemia do novo coronavírus as ações foram direcionadas para os cuidados com a saúde física e mental nesse período de Covid-19.

O bem estar no ambiente de trabalho também foi tema de reuniões e palestras virtuais e presenciais, realizadas pelo setor no decorrer do ano, visando a prevenção de doenças funcionais. Tudo supervisionado pela procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, e pela coordenadora do Comitê de Saúde Ocupacional e Qualidade de Vida do MP-AP, procuradora de Justiça Raimunda Clara Banha.

“Foi um período muito complicado o início deste ano, com todo o temor gerado pela variante gama nos empurrando de volta ao isolamento e ao teletrabalho. Sem dúvida, uma onda de consequências emocionais da pandemia está crescendo na sociedade e aqui no MP não seria diferente. Aos poucos vamos nos ajustando e encontrando alternativas para lidar de forma mais adequada com os problemas do ambiente de trabalho e também com nossas dores”, destacou o psicólogo do MP-AP, Ricardo Barbosa.

Lives e Reuniões Virtuais

Foram realizadas sete lives e cinco reuniões virtuais sobre saúde mental, impactos e novas variantes da Covid-19, cuidados sanitários no teletrabalho, ergonomia, dentre outros. Profissionais do Sesi/AP, Unimed-Fama e especialistas, como o doutor em biologia de agentes infecciosos e parasitário, Patrício Almeida, e o psicólogo e professor universitário, André Romero repassaram conhecimentos ao público.

Campanhas Educativas

Com o tema o “Cuidar da Saúde Mental é cuidar da vida”, foram iniciados os cuidados com as pessoas que trabalham no MP-AP, com ações da “Campanha Janeiro Branco” em todas as unidades ministeriais para esclarecer sobre a importância de hábitos saudáveis para cuidar da saúde mental. No decorrer do ano, foram realizadas ainda as campanhas: “Setembro Amarelo” – de valorização da vida e prevenção ao suicídio; “Outubro Rosa” – com orientações para cuidados e prevenção do câncer de mama; “Novembro Azul” – para cuidados com a saúde do homem e prevenção ao câncer de próstata, bem como no “Dia Nacional de Combate ao Diabetes” – conscientização sobre a doença.

Circuito Saúde

O Circuito Saúde, uma das ações do programa “MP + Saúde”, foi levado a todas Promotorias de Justiça do Estado e Unidades Ministeriais de Macapá, com verificação de pressão arterial (PA), glicemia, índice de massa corpórea (IMC) e relação cintura-quadril (RCQ), consulta médica ocupacional, anamnese. Escuta psicológica, ginástica laboral e vacinação contra influenza/H1N1, também fizeram parte das atividades executadas no decorrer do ano.

Carla Pena destacou que as ações itinerantes, realizadas nos municípios e demais unidades ministeriais da capital, irão subsidiar o MP-AP com dados para alimentar o Sistema eSocial – um projeto do Governo Federal que irá unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus trabalhadores, e de acordo com as diretrizes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Secretaria de Trabalho e as normas reguladoras vigentes. “Buscamos salvaguardar vidas, por meio da informação para prevenção e cuidados com a pessoa”, disse.

“O objetivo é fomentar e viabilizar os cuidados preventivos com a saúde e bem-estar dos trabalhadores da instituição e melhorar a qualidade de vida do referido público no ambiente de trabalho. Essas ações de saúde representam um marco na gestão de pessoas do MP-AP”, destacou Villas Boas.

Para o chefe de gabinete e secretário-geral do MP-AP, promotor de Justiça Alexandre Monteiro, a equipe de Saúde Ocupacional está de parabéns pelo trabalho que tem sido destacado dentro da instituição. “Esses cuidados com a saúde dos trabalhadores precisam ser diuturnos e contínuos, pois geralmente são enfermidades silenciosas que podem ser evitadas a partir desse compartilhamento de conhecimentos e informações para prevenção”, pontuou Alexandre Monteiro.

“Um trabalho que tem à frente do Comitê a nossa decana, Clara Banha, e que mereceu o reconhecimento do Colégio de Procuradores de Justiça, que concedeu o “Grau Oficial do Mérito do MP-AP” aos servidores do Setor de Saúde Ocupacional: José Vilas Boas, Ricardo Barbosa e Carla Pena, pela atuação na pandemia. Estão todos de parabéns pela dedicação e empenho!”, salientou a PGJ Ivana Cei.

O Setor de Saúde Ocupacional do MP-AP, a partir da sanção e publicação do Projeto de Lei que que reestrutura os serviços auxiliares e plano de cargos dos servidores, integrará legalmente o Departamento de Gestão de Pessoas (DGP).  Uma normativa da política de gestão de pessoal também está em fase de aprovação superior.

Além de todas as ações pontuadas, a equipe de Saúde Ocupacional também mantém constante diálogo com profissionais de outras instituições, neste ano foram ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AP), Setor Psicossocial da Polícia Militar e no Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) para tratar do processo de contratação de médicos peritos para fortalecer os trabalhos em prol de servidores, membros, terceirizados e estagiários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: