Fatos relevantes de 7 de janeiro, nasce na Bélgica o padre Julio Maria de Lombaerd

  • Dia da Liberdade de Culto [Liberdade de culto, liberdade de pensamento, liberdade de expressão. Nada soa mais democrático do que a palavra liberdade, sobretudo em um país tão multiculturalista como o nosso. O Brasil é uma nação que abriga todas as etnias e, portanto, muitas religiões. A liberdade de culto e o respeito por outras religiões que dividem espaço com a hegemonia católica são condição para um convívio social pacífico, ao mesmo tempo em que enriquecem nossa gama cultural].

  • Dia do Leitor [Comemoração Brasileira, surgida a partir do aniversário do jornal cearense “O Povo”, fundado em 7 de janeiro de 1928 pelo poeta e jornalista brasileiro Demócrito Rocha, que pertenceu à Academia Cearense de Letras, e morreu em Fortaleza no dia 29 de novembro de 1943].

  • Atentado terrorista em escritório da revista satírica Charlie Hebdo em Paris (07/01/2015). Resultou na morte de ao menos 12 pessoas, incluindo dois policiais, quando um grupo de homens armados e encapuzados invadiu o escritório da revista gritando: “Vingamos o Profeta!”, em referência a Maomé. Em 2011, a revista publicou uma charge de Maomé que provocou revolta no mundo muçulmano.

  • “Inventor da Modernidade”, Nikola Tesla morre pobre e no ostracismo a 07/01/1943 em Nova York. Nascido em 10/07/1856 na atual Croácia (antigo Império Austríaco), foi um gênio na engenharia mecânica e elétrica. Na vida pessoal, era excêntrico, não se preocupava com dinheiro, embora suas invenções e pesquisas tenham colaborado em diferentes níveis nas áreas da robótica, controle remoto, radar e ciência computacional, expansão da balística, física nuclear e física teórica.

  • Morre Carlota Joaquina de Bourbon, princesa do Brasil (07/01/1830), no Palácio de Queluz, em Portugal, Dona Carlota Joaquina Teresa Caetana de Bourbon e Bourbon, rainha consorte do reino unido de Portugal, Brasil e Algarves e rainha consorte de Portugal por seu casamento com o Dom João VI. Nascida no dia 25 de abril de 1775, em Aranjuez, na Espanha, ela também foi imperatriz do Brasil por alguns poucos dias. Carlota Joaquina ficou conhecida como a “A Megera de Queluz”, por ter ficado isolada no palácio após conspirar contra seu marido.

  • Morre o imperador japonês Hiroíto (07/01/1989) e foi sucedido pelo seu filho, Akihito. Com ele terminou a era Showa, e no mesmo dia de sua morte começou a era Heisei. Ele foi o 124º imperador do Japão e o que ocupou o cargo por mais tempo na história do país (reinando por 63 anos, de dezembro de 1926 até sua morte). Durante seu governo, a sociedade japonesa passou por profundas transformações, saindo de uma economia agrária e um regime despótico para, após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), se tornar uma nação industrializada e mais democrática. Hiroíto nasceu em 29/04/1901, no Palácio Tōgū, Tóquio, Japão.

  • Criação do Governo Geral do Brasil (1549). Em função do desempenho insatisfatório do sistema de Capitanias Hereditárias, D. João III, rei de Portugal resolveu criar o Governo-Geral no Brasil no ano de 1549, com sede na Bahia, como forma de centralizar o poder na colônia e acabar com a desorganização administrativa. Os três governadores gerais do Brasil que mais se destacaram foram: Tomé de Souza, Duarte da Costa e Mem de Sá. O Governo Geral acabou em 1808 com a chegada da Família Real ao Brasil e mudou a sede da capital federal para o Rio de Janeiro.

  • Nasce, em Beveren-Leie, região de Waregem – Bélgica, o Padre Júlio Maria de Lombaerde (1878), cujo nome de batismo e civil é: Júlio Emílio Alberto De Lombaerde. No Brasil passou a chamar-se: Pe. Júlio Maria de Lombaerde, MSF. Foi missionário na África por 6 anos; ordenou-se padre em 1908; em 1912 veio para o Brasil, passando algum tempo em Natal e depois seguiu para Macapá, onde chegou em 27 de fevereiro de 1913; foi para Manhumirim – MG, em 1928 e lá faleceu em 24/12/1944, vítima de acidente automobilístico. Padre Júlio escreveu mais de 80 livros de espiritualidade, em defesa da Igreja e de divulgação, em linguagem popular, da teologia da Igreja; criou escolas, hospitais, asilos e congregações. Seu processo de beatificação iniciou em 2015.

  • Dia de São Raimundo de Penyafort.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: