Acusado de agressão sexual, príncipe Andrew renuncia títulos militares e cargos honorários

Filho da rainha Elizabeth II, o príncipe Andrew renunciou aos seus títulos militares nesta quinta-feira (13). Na última quarta (12), um juiz negou o pedido de arquivamento e agora ele enfrentará um processo por agressão sexual.

Andrew também abriu mão de seus cargos honorários. A informação foi divulgada pelo Palácio de Buckingham. “Com a aprovação e o aceite da rainha, as afiliações militares do duque de York e os patrocínios reais foram devolvidos“, escreveu a instituição em nota.https://18d270bce24acd25f829ec3c9b98dc50.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Leia mais: São Paulo deve começar vacinação contra a Covid-19 de crianças já na semana que vem

O texto também esclarece que “o duque de York continuará a não assumir nenhuma função pública, e estará se defendendo neste caso como um cidadão comum“.

Aos 61 anos, o príncipe já tinha se afastado da vida pública, e agora não atenderá ao nome de ‘Sua Alteza Real’, de acordo com a imprensa britânica.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: