No PA, Prefeitura de Oriximiná decreta toque de recolher e proíbe eventos públicos e privados

Rômulo D’Castro – Da Revista Cenarium

ALTAMIRA (PA) – O toque de recolher, horário em que a população só pode sair de casa com justificativa e para ter acesso a algum serviço essencial – é uma das medidas adotadas para o endurecimento dos protocolos de combate à Covid-19, em Oriximiná, Oeste do Pará. O decreto da prefeitura tem validade de 15 dias, a contar do dia 7.

Dentre as restrições, fica suspensa a realização de eventos públicos ou privados que promova encontros de grupos; cultos podem ser realizados com 30% da capacidade do templo; também fica suspensa a atividade recreativa e física em áreas públicas e privadas; é proibido sair de casa, sem justificativa plausível, entre 23h e 5h, entre outras restrições. O descumprimento do decreto pode acarretar em punições.

As medidas se limitam ao município de Oriximiná e têm como objetivo evitar que se repita o cenário enfrentado em 2021. Por isso, além do toque de recolher, outra decisão foi tomada, essa impacta diretamente a locomoção do oriximinaense.

O transporte fluvial intermunicipal (entre municípios do próprio Estado), intramunicipal (circulação dentro do próprio município) e interestadual (barcos, lanchas e navios que fazem linha de Oriximiná para municípios de outros Estados) fica limitado a 50% da lotação. Será obrigatório ainda apresentar comprovante de vacinação da primeira e segunda dose, além de o passageiro ter que usar máscara e álcool em gel.

Oriximiná tem pouco mais de 90 mil habitantes e viu os números da pandemia voltarem a apresentar risco, forçando o novo decreto. Um sexto da população oriximinaense – aproximadamente 12.500 pessoas – teve, ou está, com Covid-19. Quase 200 moradores morreram por complicações causadas pelo vírus desde o início da pandemia. 

No ano passado, enquanto o município enfrentava o momento mais crítico da pandemia, o então prefeito Delegado Fonseca (PRTB, afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa) adquiriu uma usina de oxigênio para suprir a demanda que lotou o único hospital geral do município. 

Veja mais regras do novo decreto:

Aulas presenciais continuam suspensas;

Cultos podem ser realizados com 30% da capacidade do templo;

Fica proibida a realização de eventos públicos ou privados que promovam encontros de grupos;

Fica suspenso o funcionamento de bares, restaurantes e afins. O atendimento poderá ser feito apenas por delivery ou pague e pegue;

Também fica suspensa a atividade recreativa e física em áreas públicas e privadas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: