Projeto ‘Mujeres Fuertes’ incentiva empreendedorismo de 50 venezuelanas em Manaus

<

p dir=”ltr”>A Organização da Sociedade Civil (OSC) Hermanitos iniciou as atividades do projeto ‘Mujeres Fuertes’, em homenagem ao mês das mulheres, uma parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) para fortalecer mulheres venezuelanas, em Manaus, com ações de empoderamento, capacitação, psicossocial e incentivo às iniciativas empreendedoras. Nesta quarta-feira, dia 9 de março, a instituição fará uma palestra de apoio psicossocial para as 50 mulheres que estão participando da iniciativa.

<

p dir=”ltr”>O projeto é resultado de uma pesquisa da organização, realizada em 2021, apontando que 78% de 2.596 famílias têm mulheres como responsáveis pelas despesas da casa. Além disso, nos cursos e capacitações oferecidos, ano passado pelo Hermanitos, as mulheres foram predominantes com participação superior a 70% e com algumas turmas que tiveram 90% de participação feminina.

<

p dir=”ltr”>A coordenadora geral do Hermanitos, Janaína Paiva, informou que o ‘Mujeres Fuertes’ é voltado inicialmente para 50 mulheres refugiadas venezuelanas. “O projeto vai empoderar profissionalmente e emocionalmente, realizando cursos na área de empreendedorismo e gastronomia para que elas possam adquirir autonomia financeira para sua subsistência. A expectativa é beneficiar essas mulheres para que possam se tornar sustentáveis como empreendedoras”, explica Janaína.

<

p dir=”ltr”>Segundo ela, a iniciativa ainda fará a doação, por dois meses, de cestas básicas para as participantes. “Também vamos reformar a cozinha do Hermanitos para transformá-la em uma cozinha de apoio para as mulheres que necessitem de espaço para a preparação dos produtos alimentares dos seus empreendimentos. Para isso, estamos adquirindo alguns materiais e equipamentos como, geladeira, freezer, fogão, botijão de gás, prateleiras, entre outros. Também vamos iniciar a reforma da infraestrutura do espaço como pintura, pia, instalação elétrica, etc”, informou Janaína Paiva.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: