Clécio Luís é empossado governador do Amapá

O governador do Amapá, Clécio Luís Vilhena,  e o vice-governador eleito, Antônio Teles Júnior, foram empossados nas primeiras horas de 2023. A cerimônia, que iniciou depois da meia noite, aconteceu na sede da Assembleia Legislativa do Estado do Amapá – ALAP.

A solenidade de posse foi acompanhada por cerca de 260 pessoas, entre políticos, imprensa, familiares e representantes dos poderes e órgãos de controle, além de gestores do novo governo.

A sessão seguiu uma série de ritos. Após a composição da mesa, presidida pelo deputado estadual Kaká Barbosa, o governador em exercício, Waldez Góes, a segunda secretária, Edna Auzier, o terceiro secretário Jory Oeiras, os empossados Clécio Luís e  o vice Teles Júnior. Além do desembargador Adão Carvalho, representando o Tribunal de Justiça do Amapá e a Procuradora Geral do Ministério Público do Amapá, Ivana Cei, teve início a cerimônia.

Dia histórico

Esta foi a primeira vez na história do Amapá que ocorreu a passagem de faixa entre governadores. Clécio Luís recebeu das mãos do ex governador Waldez Góes a faixa governamental que além de ter as cores da bandeira do Amapá, tem a própria bandeira do estado estampada, uma exigência de novo gestor do executivo. Ao fazer uso da fala, Góes falou da satisfação em fazer a transmissão de mandato e desejou felicidades aos novos chefes do estado.

“Devo dizer que estou muito feliz por participar desse momento, desse ato simbólico tão importante. Tenho certeza que o Amapá está em boas mãos”, pontuou Waldez.

Faixa Governamental

O Governador Clécio Luís escolheu, para compor o visual da sua primeira faixa governamental, a bandeira do Amapá simbolizando todos os amapaenses que acreditaram e confiaram no futuro trabalho que será desenvolvido, à partir deste ano, como o novo Governador do Amapá.

Hino Nacional e Canção do Amapá

Após os ritos de juramento e passagem de faixa, o Hino Nacional Brasileiro e a Canção do Amapá foram interpretados pelas cantoras amapaenses Patrícia Bastos, Silmara Lobato e Ariel Moura, acompanhadas pelos músicos Alan Gomes no violão e Eloísa Sacaca na caixa de Marabaixo, em sinal de valorização da cultura do Estado do Amapá.

Ritos finais

O senador da República, Davi Alcolumbre fez um pronunciamento durante a sessão e destacou a importância do momento para o povo do Amapá.

“Clécio e Teles, tenho certeza que esse é um momento histórico para o povo do Amapá. E tenho certeza que vocês vão cuidar desse estado como ele merece”, afirmou o Senador Davi Alcolumbre.

Já empossado, em seu discurso o novo governador se comprometeu, mais uma vez, em governar para todos e agradeceu o apoio da família, amigos e veículos de imprensa.

Discurso na íntegra – Governador Clécio Luís

Boa noite minhas amigas e meus amigos!
Primeiramente, gostaria de desejar um feliz ano novo a todos e todas que estão presentes aqui na Assembleia Legislativa e os que estão nos assistindo pelo Amapá Inteiro. Junto com 2023, se inicia um novo governo, e renovamos nosso desejo em transformar o Amapá.    
 
Com muita gratidão a Deus, a minha família e ao povo do Amapá, hoje realizo um dos meus sonhos, que foi sonhado com muita gente, de ser governador do Amapá. Certeza que será a missão mais honrosa e importante de minha vida até hoje.
 
Não me canso de falar da minha origem, falar da mistura da qual sou fruto. Sou Amapaense, filho de um cearense, um nordestino que como muitos vieram para o Amapá, escolheram essa terra e aqui plantaram e plantam os seus frutos e ajudam no desenvolvimento do estado. E de uma ribeirinha, professora da rede pública, que me ensinou a amar esse estado pelos caminhos da educação, da arte e da cultura.
Eu sou de uma geração que sempre lutou e sonhou com um Amapá mais desenvolvido, justo, humano e que valorizasse a nossa cultura. E como diz a poesia de Eliakin Rufino:  “Quem é filho do Norte. É neto do Nordeste.” Por isso, já não trago no peito somente os sonhos da minha geração, mas sim de várias gerações de idosos, adultos, jovens, e crianças que acreditaram no Amapá.
 
Quero que assim como eu acreditei, nossos jovens possam sonhar com um Amapá de oportunidades. Queremos que nossos jovens tenham acesso a cultura, lazer e ao trabalho digno.
 
Eu vim do movimento cultural, por isso acredito que a cultura revela a identidade do nosso povo, preserva as nossas memórias e conta a nossa história. A cultura nos enriquece como estado e como cidadãos. Por isso ainda pouco, estávamos nos confraternizando em nossa posse popular, em frente a Igreja São José, na av. Mario Cruz, no Largo de São Sebastião, hoje praça Veiga Cabral. Um dos espaços mais antigos da nossa Cidade/Estado.
 
Eu sonho e trabalharei todos os dias por um Amapá desenvolvido, próspero e que garanta saúde, educação, cultura, esporte e lazer para todos.
Chegou a hora de concretizar muitos desses sonhos. E eu tenho a honra de representar não somente os 222.168 votos livres e democráticos, mas de representar todos os amapaenses.
 
Eu procurei me preparar para governar. Passei pelo aprendizado da política como militante, sendo vereador, sendo prefeito. E Sendo prefeito de Macapá tenho orgulho do trabalho que fizemos. Melhoramos os indicadores, botamos a prefeitura em ordem, fizemos obras importantes e deixamos a cidade pronta pro futuro com obras e projetos concluídos que beneficiam até hoje a nossa população. Saí da prefeitura pela porta da frente e fui morar e trabalhar na maioria dos municípios com o projeto Pelo Amapá Inteiro.
 
Construímos juntos uma aliança ampla, um programa de governo com brilho, mas com os pés no chão, ou seja, o mesmo programa que nos fez ganhar a eleição, será o que vai nortear o nosso governo.
 
Fizemos uma campanha propositiva, verdadeira, limpa com muita alegria e que trouxe a esperança ao coração do nosso povo. Mas para caminhar ao meu lado, eu queria um vice que fosse tão apaixonado quanto eu pela nossa terra, e eu não tenho dúvida de que fizemos a escolha certa!
 
Quero agradecer ao meu parceiro nesta viagem pelo Amapá inteiro – Antônio Teles Pinheiro Júnior um sonhador do nosso Estado, um homem que fez campanha com o coração e que foi o porta-voz de homens e mulheres do PDT que abraçaram juntamente conosco esse projeto.  Telinho, como é conhecido por nós é economista e professor da nossa Universidade, tenho ao meu lado um cara que acredita na educação e no desenvolvimento como forma de transformar uma sociedade.
 
Em nosso plano de governo, elencamos vários objetivos estratégicos para nortear um novo governo durante quatro anos.
 
Promover a saúde pública e o bem-estar da população, por meio de políticas integradas e universais, com adoção de inovação, modernização, democratização de acesso aos serviços e valorização dos profissionais da saúde. Assim, também seguiremos com a educação: na promoção do protagonismo educacional de escolas, professores e das comunidades escolares, o desenvolvimento de competências e habilidades dos alunos, com modernização e inovação, que contribuam para a melhoria do desempenho da Educação.
 
Vamos aperfeiçoar os programas sociais, com vistas a ampliar o sistema de proteção social, integrado com outras políticas, visando garantir o acesso aos serviços públicos das pessoas em situação de vulnerabilidade social.
 
Promover o desenvolvimento humano, com a proteção dos direitos individuais e coletivos, visando assegurar a liberdade e a dignidade da pessoa humana.
 
Pensamos na importância em fortalecer as instituições de ciência, pesquisa, inovação e fomento à produção e serviços, para estimular a economia e ativar as janelas de oportunidades, por meio de cadeias de valor e processos produtivos com matérias-primas de origem regional para geração de emprego e renda.
 
Planejar a infraestrutura com elementos integrados entre desenvolvimento socioeconômico e logística, que impulsionem e agreguem cadeias de valor ao processo produtivo local.
 
Iremos fortalecer a política de segurança pública para que promova a prevenção, a justiça e a paz. Investiremos no aparelhamento e na integração dos órgãos e serviços, com planejamento, valorização e qualificação dos operadores da segurança pública.
 
Em um todo, vamos fortalecer a gestão na sua capacidade de planejamento e garantir o alinhamento estratégico dos resultados junto aos órgãos, entidades e servidores às metas do governo, bem como, consolidar o governo digital e desenvolver um programa de gestão estratégica de pessoas.
 
Transformar o Amapá em um Estado competitivo. Acreditamos na consolidação de um programa de cooperação nacional e internacional, para fortalecimento das instituições de governo, compartilhamento e transferências de tecnologias inovadoras, visando a promoção do desenvolvimento do Estado.
 
Somos a gratos a todos.  À nossa militância, uma das mais bonitas e aguerridas – pra mim vocês são os melhores. Vocês tornaram este momento realidade e estou eternamente grato pelo que sacrificaram para que chegássemos até aqui, e agora juntos vamos transformar o Amapá. Muita Gratidão!  
Sei que em nossa caminhada haverá percalços e talvez, passos em falso. O caminho pela frente será longo. E sabemos que o Governo não pode resolver todos os problemas.

No entanto, eu sei o peso da minha responsabilidade. E estou aqui pra entregar o melhor de mim pra governar o nosso estado. O povo do Amapá pode contar comigo, com o meu esforço, com minha dedicação e trabalho permanente. Também pode contar com a equipe que estamos montando, com meu vice Teles Júnior e com toda a nossa equipe!
Enquanto comemoramos esta noite, sabemos que os desafios que nos trará o dia de amanhã são os maiores de nossas vidas. Temos que desenvolver o Amapá, sem descontruir o que já foi feito. O que já foi plantado nos dá esperança sobre o que podemos fazer amanhã.

Não queremos unanimidade, mas precisamos construir consensos em favor do amapá.  Não se constrói nada sozinho, quero aqui agradecer aos aliados, que foram muitos, pelo Amapá Inteiro e nos ajudaram de muitas formas, desde os mais singelos sorrisos e abraços, mas também as poderosas orações que nos deram força nessa caminhada.
Aos que torciam, aos que sonharam juntos, os que nos ajudaram a construir o nosso plano de governo nas plenárias públicas nos 16 municípios, aos partidos políticos, as lideranças políticas, muito obrigado.

Quero aqui fazer um destaque ao meu amigo e companheiro de jornadas e sonhos, Senador Davi – Davi você é gigante. Da mesmo forma que você usa de sua habilidade de dialogo para pacificar o país, você Davi vem construindo aqui um projeto em torno do desenvolvimento do Amapá, com sua capacidade de dialogo e liderança na politica nacional, seja como deputado federal, presidente do Congresso, presidente da CCJ, e ainda nos últimos dias de 2022, você que foi o primeiro amapaense a ser presidente do Congresso, indicou o primeiro ministro Amapaense, para um dos ministérios mais importantes para nós da região Norte, o da Integração  e Desenvolvimento Regional.  

Quero agradecer e reconhecer o papel do governador Waldez, ao tomar a decisão histórica de permanecer no cargo de governador, mesmo com sacrifício pessoal, permaneceu no cargo e governou plenamente até o último minuto de sua gestão, lançando e entregando obras e serviços. Faremos um novo governo, mas sem desconstruir o que já foi plantado.

Waldez, aqui em Macapá quando vejo cada obra ou serviço sendo entregue que foi pensando, sonhado, começado ou implantado quando eu era prefeito de Macapá, eu ainda hoje me realizo. Mesmo que de forma solitária. Quero que você continue se realizando nas muitas obras e ações que foram sonhadas e planejadas em sua gestão, que serão entregues nos próximos anos. Você terá todo o meu reconhecimento.  
 
O Amapá vive um momento único na política nacional e podemos juntos mudar a realidade do nosso povo. O Davi como grande articulador da politica nacional, o senador Randolfe como líder do governo federal no Senado, Waldez ministro da integração, uma bancada federal forte e uma Assembleia madura.
 
Do mesmo jeito que a eleição precisou de muitos corações, mudar o nosso estado, mudar a vida de nosso povo vai precisar de um pacto de toda a sociedade, das autoridades, do Judiciário, Ministério Público e da Assembleia Legislativa – e aproveito aqui para falar do meu respeito a esta casa, e dizer que vou precisar de cada parlamentar estadual, como também dos federais, da bancada federal como um todo, dos empresários, dos trabalhadores, da imprensa e de toda a população. Eu quero aqui pedir a ajuda e o apoio de todos vocês.
 
É tarefa de todos nós aproveitar as oportunidades desse novo tempo que se anuncia, os potenciais gigantescos de nosso estado. Os sonhos de nossa geração estão desafiados e serem colocados em prática, por cada um de nós.

Precisamos juntos construir um novo tempo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: