AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Governo garante apoio à instalação de indústrias de alimentos em Serra do Navio

O projeto para a instalação de indústrias de produção de fécula e soja em Serra do Navio começou a ser desenhado na manhã desta terça-feira, 3, durante um encontro que reuniu equipes técnicas da prefeitura do Município e do governo do Estado. A reunião foi conduzida pelo prefeito José Maria e pelo secretário de Estado de Relações Institucionais, Jorge Amanajás.

As discussões focaram o desenvolvimento da região por meio da diversificação das atividades econômicas. "Atualmente, Serra do Navio é muito dependente da mineração. A instalação dessas empresas de alimentos vai trazer equilíbrio econômico ao município", analisou o prefeito.

Amanajás garantiu o apoio do Estado nos tramites burocráticos para a instalação das indústrias. Ele se responsabilizou pelo diálogo com o Instituto de Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) no licenciamento ambiental e fundiário para a acomodação das empresas. "Precisamos cuidar disso para garantir a legalidade do processo", explicou.

Estrada de Ferro
Outro assunto tratado no encontro foi a interrupção dos serviços da ferrovia, gerada pela paralisação das atividades da mineradora Zamin, no Amapá.

De acordo com José Maria, isso tem prejudicado os trabalhadores rurais, que ficam impossibilitados de transportar mercadorias para comercialização na capital. "Existem muitas localidades rurais com acesso apenas pela ferrovia. Nossos agricultores são os mais prejudicados com essa paralisação", lamentou.

Amanajás informou que o governo intermedia as negociações com a empresa para reativação da ferrovia. "Esperamos encaminhar essa situação entre 30 e 45 dias. Estamos tomando providências para não prejudicar ainda mais a população que necessita desse transporte", garantiu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: