Seed cobra de diretores entrega de 58% dos dados do Censo Escolar

Os diretores escolares terão até o dia 20 de março para entregar à Secretaria de Estado da Educação (Seed) os dados coletados para o Censo Escolar 2014. Essa é a segunda e última etapa, que tem por objetivo detalhar as informações a respeito do rendimento e movimento dos alunos que foram declarados na matrícula inicial do referido processo. A primeira etapa ocorreu nos meses de maio, junho e julho.

Segundo a coordenadora do Censo Escolar da Educação Básica no Amapá, Tereza Farias, até o momento, de um total de 916 instituições de ensino, entre públicas e privadas, apenas 42% realizaram o censo. A data é improrrogável e está na reta final.

"Estamos com todo corpo técnico que trabalha no Censo Escolar voltado para atender os municípios e auxiliar, principalmente, nas questões operacionais de acesso ao site e dados a serem inseridos. Todas as escolas públicas e privadas devem informar o levantamento ao censo que serve para o planejamento educacional e a base utilizada é sempre do ano anterior, por isso, temos que ficar atentos ao prazo", explicou.

Ela esclareceu ainda que o movimento do aluno é outro dado muito importante. "Precisamos saber a real situação do aluno, se ele foi aprovado, reprovado, transferido, se deixou de frequentar a escola, ou até mesmo se faleceu".

Para incluir os dados, basta acessar o sistema Educacenso no endereço eletrônicohttp://educacenso.inep.gov.br utilizando login e senha. Logo após, o cadastrador precisa preencher os dados solicitados do gestor escolar e as informações de rendimento e movimento dos alunos nas turmas. O sistema estará disponível para eventuais retificações a partir do dia 30 de março até 15 de Abril. O censo de 2015 iniciará na última quarta-feira do mês de maio.

Censo

O Censo Escolar é o principal e mais completo levantamento de dados estatístico-educacionais de âmbito nacional realizado todos os anos e coordenado pelo Inep. As informações coletadas permitem traçar um panorama nacional da educação básica, referência para a formulação de políticas públicas e execução de programas na área da educação, como: o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate), o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e para a determinação dos coeficientes de distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), entre outras ações.

Os dados do censo são utilizados ainda para o cálculo do Indice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), indicador que serve de referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Ministério da Educação.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: