AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Parceria proporciona novos profissionais ao mercado de trabalho

A noite de quinta-feira, 5, ficará marcada na lembrança dos 147 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Eles receberam os certificados dos cursos profissionalizantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), fruto da parceria entre Prefeitura de Macapá e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/AP). No auditório do Sebrae, a formatura foi marcada por depoimentos cheios de emoção de educadores e alunos que dia a dia superam todo tipo de dificuldades para formar pessoas e buscar melhoria na qualidade de vida através da educação.

A equipe do Departamento da EJA, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), preparou uma solenidade singela, que reuniu alunos e familiares, diretores, professores, técnicos e gestores da Semed, Senac, Senai e do Sebrae. A formatura marcou o encerramento dos sete cursos que iniciaram em novembro de 2014 e encerraram em fevereiro de 2015, capacitando os alunos nos cursos de artesão de pintura em tecido, promotor de vendas, manicura e pedicura, confeccionador de bijuterias, maquiador, recepcionista e agente de limpeza e conservação.

Eles são os primeiros da EJA que tiveram a oportunidade de cursos profissionalizantes, por isso a emoção em cada fala. “Nós, professores, somos testemunhas de cada etapa que os alunos vencem e passam para conquistar um curso de capacitação. Em sala de aula não somos somente professores, mas psicólogos, pastores e até mesmo fazemos papel de pais, aconselhando e motivando os alunos a persistirem no sonho deles. Cada formando está construindo a sua história. Esse é o momento de vocês, talvez muitas pessoas tenham duvidado de que pudessem chegar até aqui. Vocês mesmos, muitas vezes duvidaram de si, mas vocês conseguiram, e eu só tenho a agradecer por ter sido parte deste momento”, disse o professor Márcio Carreira, do curso de Agente de Limpeza e Conservação (Pronatec/EJA).

Representando o Senac, a diretora de Educação Profissional, Robenize Jucá Hyacinth, deixou uma importante dica aos formandos. “Valorizem essa formação, o trabalho de vocês. Vocês buscaram capacitação, ultrapassaram muitas dificuldades, então se posicionem como profissionais, não trabalhem de graça, porque o objetivo do Senac é proporcionar uma renda extra às pessoas. Desde 2012 atendemos uma demanda considerável da Semast, e para gente foi uma satisfação atender a Semed. São parcerias que fazem com que a gente possa realizar atividades de sucesso.”

Emocionada também ficou a secretária de Educação, Antônia Costa Andrade, que destacou o exemplo de persistência deixado pelos alunos da EJA, que em sua maioria são adultos e idosos. “Temos que contar esses exemplos, porque às vezes a escola está ao lado da nossa casa e a gente não entra. Todos revelaram a importância de se buscar uma qualificação profissional para mudar sua vida. Foram quatro meses de curso, com sacrifícios, mas que hoje estão sendo recompensados. Temos alunos que iam a pé, de rabeta, de bicicleta, de muito longe, mas que não foram vencidos pelas dificuldades. Não há idade para se aprender e buscar conhecimento”.

Mas quem comoveu a todos no salão lotado do Sebrae foi o aluno Edinaldo Rodrigues Gonçalves, do curso Agente de Limpeza e Conservação. Ele, em sua simplicidade, deixou todos com olhos marejados. “Estou muito feliz e emocionado de ver pessoas tão importantes nesses quatro meses da minha vida. Minha história é de perseverança e de luta. Vinha de uma localidade ribeirinha muito longe, vinha de rabeta e trazia dentro dela minha bicicleta (…)”, e continuou:

“Quando chegava ao Polo da Fazendinha, seguia de bicicleta para a escola, com a rabeta na garupa, andava o ramal do polo todinho, fui assaltado nesse trajeto e teve momento que quis parar, mas lembrei que há 20 anos morando em Macapá, não tive oportunidade de emprego porque não tinha formação, nem escolaridade, e o tempo foi passando. Quando veio essa oportunidade, que a prefeitura com o Senac nos deram, abracei com todo o carinho e força, e não desisti. O professor Márcio foi muito importante na minha vida, porque ele me motivou a não desistir. Lembrei que com esse certificado posso conseguir aquilo que eu mais sonho, que é um emprego”.

Edinaldo representou os demais 1.546 formandos que, como ele, têm suas histórias de superação a contar. Hoje, esses alunos podem contar com um curso de formação prático e de retorno imediato. São profissionais que estão aptos ao mercado de trabalho, através do Pronatec, mas, acima de tudo, da parceria forte entre instituições que sabem a importância de valorizar pessoas. Ao final da solenidade de formatura, representantes do Senac e da Semed reforçaram a parceria, já prevendo outros projetos juntos que, em breve, serão divulgadas.

Rita Torrinha/Asscom PMM
Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: