Educa

Inscrições para Concurso da Caesa seguem até o dia 23 de outubro

Após 35 dias do início das inscrições para o concurso público da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), mais de 31 mil candidatos estão inscritos regularmente para realizar as provas para os cargos de agente de saneamento e encanador. Desde o dia 10 de setembro, o candidato pode, através do site da Cooperativa Intelectus (http://www.intelectus-ap.com.br), realizar a inscrição para o concurso. “Neste período, o edital preliminar precisou se retificado três vezes, a primeira retificação no dia 9 de setembro, a segunda no dia 9 de outubro e a terceira no dia 13 de outubro”, explicou Rodrigo Pedro, procurador da Caesa.

Rodrigo explicou que, na primeira retificação, a Caesa e a Cooperativa Intelectus ajustaram alguns itens para melhor explicar as informações relacionadas às inscrições, isenções de pagamento e conteúdo programático. “Geralmente as primeiras alterações são necessárias para deixar mais claras as informações aos candidatos no decorrer das inscrições”, salientou.

Devido à greve dos bancários, iniciada no dia 6 de outubro, e por questões logísticas, as empresas decidiram prorrogar as inscrições e dividir as provas em dois turnos, porém, estas decisões foram reavaliadas. “Pensando em melhorar a logística devido ao grande número de inscrições e para comportar melhor os candidatos, a empresa organizadora sugeriu a realização de provas em dois turnos. Porém, tal fato gerou questionamentos e, tendo em vista a análise subjetiva do princípio da isonomia, percebemos que o edital deveria ser modificado para que os candidatos não se sentissem prejudicados e para que, futuramente, o concurso não pudesse vir a ser invalidado”, explicou Rodrigo Pedro.

A terceira retificação homologou o dia 23 de outubro como a data limite para os candidatos se inscreverem e efetuarem o pagamento das inscrições. “Nesta retificação também ficou mantido que as provas para os dois cargos serão realizadas no turno da manhã, de 9 às 12h, do dia 6 de dezembro, tal como previsto no edital de abertura”, informou o procurador.

Após 20 anos do último concurso público realizado pela Caesa, a companhia ganha credibilidade com a grande procura de candidatos tanto do Amapá quanto de outros Estados do país. “O elevado número de candidatos inscritos se deve à procura por uma vaga no serviço público e ao interesse de se trabalhar na prestação de serviços essenciais, serviços estes que atendem diretamente parte da população dos 16 municípios do Estado e que serão ampliados após a conclusão de projetos e obras existentes”, esclareceu Patrícia Brito, diretora-presidente da Caesa.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: