AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Justiça do Amapá realiza Audiência Pública em Laranjal do Jari

Com o plenário do Fórum da Comarca de Laranjal do Jari completamente lotado, a Audiência Pública realizada pela Justiça do Amapá reuniu representantes do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Câmara de Vereadores, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, professores, estudantes, servidores do Judiciário, assim como representantes da Sociedade Civil Organizada de Vitória e Laranjal do Jari.

Presidida pelo Desembargador Carmo Antônio de Souza, Corregedor-Geral do TJAP, a Audiência Pública objetivou dar conhecimento da gestão financeira do Poder Judiciário; a prestação de quantos processos foram julgados na Comarca; bem como quanto ela custa; e o principal, ouvir opiniões, denúncias, sugestões, dúvidas e anseios da comunidade.

Na ocasião também foi demonstrado pelos juízes Julle Anderson de Souza Mota, da Comarca de Vitória do Jari; e Zeeber Ferreira, Diretor do Fórum da Comarca de Laranjal do Jari, quais os crimes mais recorrentes nas duas cidades; bem como o número de processos julgados, também o seu custo e como é feito o atendimento nas referidas Comarcas.

Os moradores dos municípios de Vitória e Laranjal do Jari participaram intensamente com perguntas, dúvidas, questionamentos e denúncias. Foi um momento de diálogo entre o juiz da Comarca, o Tribunal de Justiça e o jurisdicionado.

Na sequência foi aberta para a plenária fazer perguntas, denúncias, sugestões, dúvidas e mostrar os anseios da comunidade.

“Como sempre a população do Jari dando respostas positivas às ações judiciais. Eu acredito ser muito importante esse exercício de cidadania, as pessoas que estão aqui se mostram realmente preocupadas com as questões municipais e as questões relacionadas ao Poder Judiciário”, destacou o juiz Zeeber Ferreira.

“A finalidade principal é apresentar à população dos dois municípios e das duas comarcas em especial, o que o Judiciário tem feito e como ele se posiciona, e acima de tudo ouvir a população, e essa missão foi cumprida. Penso que aqui foi muito satisfatório, a audiência transcorreu de forma bem organizada, as pessoas entenderam o que é uma Audiência Pública, e eu faço uma avaliação muito positiva”, finalizou o desembargador Carmo Antônio.

Texto: Bernadeth Farias

Fotos: Adson Rodrigues

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: