AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Alunos testam conhecimentos na Prova Brasil e Provinha Brasil

De 4 a 19 de novembro, 3.397 alunos do 5º ano da rede municipal de ensino de Macapá realizarão a Prova Brasil, aplicada em todo o país pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC). Nos dias 5 e 6 são os estudantes do 3° ano que testam seus conhecimentos em português e matemática, na segunda etapa da Provinha Brasil. O resultado de ambos os testes é divulgado por escola e é uma importante ferramenta de análise do desempenho da Educação, cujos resultados permitem aos governos Federal e Municipal buscarem alternativas pedagógicas e administrativas para melhorar o desempenho.

Em Macapá, 53 escolas estão envolvidas na Prova Brasil, sendo 38 da zona urbana e 15 do campo. A aplicação da avaliação, que envolverá 140 docentes, segue modelos de concurso público, os cadernos de questões vêm lacrados e os professores recebem orientações de como proceder em sala de aula. Na Provinha Brasil o número de alunos salta para 5.101, oriundos de 57 escolas municipais, sendo 40 da zona urbana, 17 do campo e envolvendo 208 professores em sua aplicação.

Tanto a Prova Brasil quanto a Provinha Brasil medem a capacidade de leitura dos estudantes e a assimilação de conteúdos de Língua Portuguesa e de Matemática. “Os dois testes oferecem dados estatísticos para o país, por estado, por município e por escola participante. Esses resultados devem ser usados para fundamentar ações pedagógicas e administrativas voltadas para a correção de distorções e a melhoria no sistema de ensino”, explica a chefe da Divisão de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação, Jacineide Miranda.

Em todo o Brasil, cerca de 5 milhões de alunos devem fazer a prova este ano, segundo o Inep, e os resultados são instrumentos de avaliação para o resultado do Índice de Desenvolvimento Educacional Brasileiro (Ideb).

Texto e fotos: Rita Torrinha/Asscom Semed

Contato: 99189-8067

Fotos: Asscom Semed

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: