AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Programa Ponto Inteligente é lançado pelo Judiciário do Amapá

A desembargadora Sueli Pini lançou na manhã de segunda-feira (09), no plenário do Fórum de Macapá, o programa “Ponto Inteligente”, que vai flexibilizar o horário do serventuário que se destacar no desempenho de suas atividades nas secretarias judiciais.

Como mérito, o programa vai garantir ao servidor que conquistar sua produtividade um ganho na redução de uma hora em sua jornada diária de trabalho, sem qualquer perda em sua remuneração, conforme esclareceu o juiz auxiliar da presidência do TJAP, João Teixeira de Matos.

“Esse programa, que já existe em outros tribunais, é inteligente porque tem como objetivo homenagear a boa produtividade e sobretudo, porque além de ganhar o servidor que se destacar na sua produção, ganha o jurisdicionado, em razão da diminuição no prazo de entrega do provimento jurisdicional. O processo do jurisdicionado fluirá com maior velocidade e chegará ao fim em pouco tempo”, disse o magistrado.

A tendência do “Ponto Inteligente” é adaptar o horário de trabalho do servidor que se sobressai em sua produção. No lançamento do programa a presidente do TJAP destacou a importância deste reconhecimento. “Se o servidor é excepcionalmente produtivo, é justo que seja bonificado para que possa usufruir seu tempo como melhor lhe aprouver”.

A iniciativa de lançar o programa Ponto Inteligente partiu da observação das boas práticas iniciadas pelo juiz Nilton Bianquini, no Juizado Especial Criminal de Macapá, que se utiliza dos recursos eletrônicos disponíveis no Tucujuris para tornar dinâmico os procedimentos judiciais da Unidade, zerando todos os processos.

A desembargadora parabenizou o juiz Bianquini pela visão gerencial em sua Unidade e incentivou os magistrados e servidores ao mesmo seguimento. Hoje, na Justiça do Amapá, pelo menos dez varas já alcançaram esse nível de eficiência.

Macapá, 10 de Novembro de 2015

Texto: Edson Carvalho

Fotos: Adson Rodrigues

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: