AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Estudantes de Escola Pública de Macapá são selecionados para Escola Sesc de Ensino Médio no RJ

Aos 14 anos o estudante Douglas Willian Trindade dos Santos foi um dos alunos selecionados para estudar em uma das escolas referencias em educação do Brasil – Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), localizada na Barra da Tijuca (RJ), é uma escola-residência, inteiramente gratuita, que atende a alunos de todo o país.

No Amapá 94 alunos se inscreveram, porém, três alunos foram selecionados para ESEM além de Douglas estudante da Escola Estadual Coracy Nunes, mais dois alunos foram selecionados, são eles: Lucas Gabriel Farias Raiol da Escola Estadual Irmã Santina Rioli e João Gabriel Vasconcelos Façanha Lima do Centro de Ensino Podium.

Douglas afirma que passou dois anos se preparando para o processo seletivo da Escola Sesc que é uma referencia nacional em ensino. “Todo meu esforço valeu a pena, vou passar três anos longe da minha família, mas buscando um objetivo maior que é me tornar um engenheiro” ressalta o estudante.

Os alunos participaram de um processo de seleção composto por prova objetiva e dinâmica de grupo. Os aprovados passaram por entrevista, etapa considerada fundamental, pois é por meio dela que se verifica se toda a família está realmente preparada para participar do projeto da Escola.

Os alunos selecionados vão morar no Rio de Janeiro nas vilas residenciais, junto com professores e gestores. Na ESEM cerca de 54% dos estudantes vêm de famílias com renda entre 1 e 3 salários mínimos. Ao ingressarem na escola, todos os alunos recebem gratuitamente o material pedagógico, incluindo um lap top, e têm à disposição aulas paralelas de recuperação, que os auxiliam em possíveis defasagens educacionais.

Além da grade curricular tradicional, os alunos contam com oficinas e cursos de qualificação profissional e participam de três viagens, de caráter pedagógico, a São Paulo, às cidades históricas de Minas Gerais e ao Pantanal. Os estudantes ainda concorrem por uma seleção interna a um intercâmbio nos Estados Unidos

As turmas têm no máximo 15 estudantes, com idades entre 13 e 18 anos. O projeto pedagógico da Escola se baseia na formação da cidadania e na articulação da área acadêmica e da educação profissional. O regime de horário integral possibilita a oferta de atividades educativas em salas de aula e extraclasse em diversos espaços externos e internos da Escola, tais como: Centro de Liderança, Teatro, Laboratórios, Oficinas, Salas de Artes, Música e Dança, Biblioteca e Complexo Esportivo.

Fernanda Picanço

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: