AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Amazonas concorre a Prêmio Nacional de Educação Fiscal em Brasília

O projeto "Pequeno Cidadão, Educação Fiscal na Educação Infantil: Aprendendo a Reconhecer a Função Social dos Tributos", promovido no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Professor Wilson Mota dos Reis, em Manaus, está entre os 10 melhores do Brasil que disputarão as premiações na categoria “Escolas” do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2015, na próxima semana, dia 24, na Embaixada de Portugal, em Brasília.

O concurso nacional, que visa valorizar ações que envolvam a conscientização sobre a importância social do tributo, tem apoio da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas (AFFEAM), da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A iniciativa do Amazonas tem grande possibilidade de alcançar um dos primeiros lugares no concurso, que tem premiação entre R$ 5 mil, R$ 10 mil e R$ 15 mil.

A edição 2015 do prêmio recebeu mais de 100 projetos de quase todo o país. O Amazonas ficou entre os três primeiros estados com maior número de participantes, atrás apenas do Rio Grande do Sul e de Goiás. Para a presidente da AFFEAM, Jeroniza Albuquerque, a presença ativa das iniciativas locais demonstra a expansão da educação fiscal nas escolas dos municípios amazonenses.

“Por meio dessas ações, os cidadãos que estão em formação poderão construir um pensamento crítico sobre o valor do tributo na vida cotidiana. É fundamental que escolas e instituições participem desse processo, afinal, todos pagam impostos e devem conhecer os seus direitos e deveres. Estamos muito felizes pelo reconhecimento do projeto do nosso estado”, afirmou a auditora fiscal, que participará da solenidade ao lado de representantes das demais associações filiadas à Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (FEBRAFITE).

Sobre o prêmio

Dividido em duas categorias, “Escolas” e “Instituições”, o concurso abrange todo o país e visa premiar as melhores iniciativas realizadas em 2014. Nas três primeiras edições, foram enviados mais de 400 projetos que envolvem temas ligados à educação fiscal, como: "Iniciação tributária – conceitos básicos de tributo"; "A importância social dos tributos"; "Atuação fiscal no Estado Brasileiro"; "O retorno dos tributos para a sociedade"; "Acompanhamento das Contas Públicas"; "A preservação do patrimônio público/combate ao vandalismo"; entre outros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: