Educa

Medalha grandes Amazônidas será entregue segunda na Fecomércio

Na próxima segunda-feira, dia 21, às 19h, diversos profissionais, personalidades e empresas receberão a “Medalha Grandes Amazônidas”, concedida pela Associação PanAmazônia em reconhecimento aos projetos de incentivo à cultura, esporte edesenvolvimento social realizados na Amazônia. A solenidade que marcará a entrega da medalha ocorrerá na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomércio-AM), localizada no bairro Adrianópolis.

Neste ano, a honraria chega a sua sétima edição. Nos anos anteriores foram outorgadas, no total, 53 medalhas. Os homenageados são escolhidos pelo Conselho Diretor da PanAmazônia, composto por representantes dos países amazônicos.

Uma das empresas que receberá a honraria, na categoria “Empresa Amiga da Amazônia”, a Equador Petróleo está presente no Amazonas, Acre, Pará, Rondônia e Roraima, e é reconhecida pela política de respeito ao meio ambiente, valorização social, cultural e desenvolvimento econômico.

O projeto de maior destaque da distribuidora é o “Nossa Energia Move a Amazônia”, também conhecido como NEMA, criado em 2012 para incentivar os esportes e a produção musical na região. E que no ano passado garantiu a gravação de um CD e o prêmio de R$ 10 mil ao cantor Adonay Brasil, ganhador do concurso NEMA.

Atletas que atualmente estão em destaque no cenário nacional, como o lutador amazonense Adriano Martins, o canoísta paraense Hericles Scott e o paratleta rondoniense Rogério Lima também são beneficiados com o projeto. Além disso, inúmeras bandas e cantores tiveram a oportunidade de gravar CDs por meio da iniciativa.

De acordo com o presidente da Panamazônia, Belisário Arce, a premiação é uma forma de reconhecer a dedicação daqueles que devotam esforço para a promoção do bem comum dos povos amazônicos e desenvolvimento regional. “A nossa missão institucional é promover a integração e a cooperação entre as sociedades amazônicas, valorizando a cultura e o povo. É importante destacar o trabalho daqueles que lutam em prol desse mesmo objetivo”, afirmou.

Além da Equador, haverá mais 10 homenageados com a Medalha Grandes Amazônidas em outras categorias. Entre eles, o Prêmio Nobel da Paz de 1985, Ernesto Kahan; o ativista socioambiental peruano, Luis Román; a Fundação Fidal, do Equador; a Diretora da Fundação Natura da Colômbia, Elsa Matilde Escobar; e outros.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: