Tabatinga: polícia faz rondas em comunidades indígenas para coibir violência

Para coibir a violência dentro das comunidades indígenas, a Polícia Militar de Tabatinga tem realizado rondas a pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Os trabalhos estão sendo feitos nas aldeias de Umariaçú I e II e Belém do Solimões.

policia_militar_do_para_2
Polícia Militar Polícia Militar do Pará/Divulgação

O comandante da Polícia Militar de Tabatinga, Major Herlon Gomes  que o mau estado de conservação da rua principal que dá acesso a algumas comunidades indígenas tem dificultado a realização de rondas no local.

O major Herlon Gomes informou ainda que durante as fiscalizações nas comunidades indígenas foram apreendidos drogas e bebidas alcoólicas.
EBC

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: