img#wpstats{display:none}

Tropa do Exército reforça fiscalização na fronteira do Brasil com a Colômbia

As embarcações que navegam pelo rio Solimões são fiscalizadas diariamente

O 8º Batalhão de Infantaria de Selva do exército brasileiro, que conta com mais de 900 homens e atua na região do Alto Solimões, no Amazonas, reforçou o efetivo na fronteira do país com a Colômbia e o Peru, durante o período dos Jogos Olímpicos.

São mais 200 homens trabalhando na fiscalização da circulação de estrangeiros na fronteira, com o objetivo de garantir que a competição transcorra normalmente.
Além do controle terrestre, o exército também trabalha na vigilância dos rios da Amazônia. No Rio Solimões, por exemplo, a força armada está intensificando a fiscalização na passagem de qualquer embarcação próximo à Base Anzol,  uma unidade responsável por coibir a entrada de entorpecentes e mercadorias contrabandeadas no Amazonas.
De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, em 2015 as ações integradas entre as polícias e as forças federais resultaram na apreensão de uma tonelada de drogas.
As fiscalizações em embarcações, que navegam pelo Rio Solimões, são feitas diariamente.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: