Comarca de Santana realiza Círculos Restaurativos na localidade rural de Anauerapucu

Educa

Magistrados e servidores do Juizado da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher e da Vara da Infância e Juventude, ambas de Santana, estiveram na Escola Estadual Francisco de Oilveira Filho na vila de Anauerapucu, zona rural do município, para ouvir os habitantes e diagnosticar conflitos e lides.

A participação do Judiciário surgiu a partir da solicitação feita por um Policial Militar que trabalha naquela comunidade rural e devido à problemática de violência, constante uso de drogas na área e outros conflitos que ocorrem na região, pediu a ajuda para os dois juizados.

A Assistente Social Lucineide Santos, facilitadora das Práticas Restaurativas, explicou que foi usado o espaço da escola com o objetivo de ouvir a comunidade por meio das técnicas dos Círculos Restaurativos.

Com os relatos, as juízas Larissa Noronha e Michelle Farias, com suas equipes e o Ministério Público, por meio da Promotora Silva Canela, vão traçar o plano de atividades para a região.

“Estiveram presentes cerca 150 pessoas entre pais, alunos, profissionais da escola, líderes e comunidade geral. Nossos 20 facilitadores realizaram 8 círculos restaurativos. Foi um bom trabalho, atingimos nosso objetivo, a comunidade se expressou e agora faremos as melhores práticas restaurativas para diminuir os problemas encontrados”, destacou Lucineide Santos.

Participaram da ação, a equipe do Conselho Tutelar, Comissariado da Infância e Juventude de Santana, Serviço Psicossocial da Infância e da Violência Doméstica e, ainda, facilitadores voluntários do Núcleo de Práticas Restaurativas do MP.

Assessoria de Comunicação Social

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: