Brasil e França assinam acordo para impulsionar Startups

O Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos pereira, assinou em 21 de novembro deste ano, o acordo de cooperação entre o mdic e a business france, agência governamental de promoção às exportações francesa e atração de investimentos, para promover a internacionalização de startups, além de impulsionar ações conjuntas em pesquisa, desenvolvimento e inovação.

A ação está vinculada entre os resultados que o governo brasileiro pretende obter a partir da aproximação entre os países, tema da 4ª edição do Fórum Econômico Brasil-França, iniciado hoje em Paris e promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Mouvement des enterprises de France (MEDEF). “O acordo fará com que os startups de Brasil e França aproveitem melhor o ecossistema de inovação de cada país”, avaliou.

O Ministro ainda destacou o reconhecimento da cidade de São Paulo como o primeiro French Tech Hub da América Latina pela Business France. A identificação do selo funciona como um indicador de centros urbanos nos quais os startups franceses devem priorizar oportunidades de crescimento. A França é o terceiro maior país no mundo em número de empresas inovadoras e somente dez cidades no mundo são consideradas “tech hubs”. Na oportunidade foi assinado também o memorando de Cooperação firmado entre o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil e o Conselho Nacional da Ordem dos Arquitetos da França, para fortalecer as relações entre as entidades e incentivar a mobilidade de profissionais, além da troca de experiências. Alguns pontos importantes foram acordados: Intercambiar informações relacionadas às normas aplicáveis à profissão, à prática profissional, à valorização do projeto e da construção, Incentivar estudos sobre a reciprocidade das condições de regulamentação da profissão da Arquitetura e Urbanismo no seu território e departamentos ultramarinos, bem como fomentar o intercâmbio de profissionais de ambos os países, de acordo com a legislação vigente em cada país, estreitar, quando assim considerarem conveniente, a colaboração em todas as organizações internacionais de natureza administrativa (UNESCO, ONU, OMC, OIT e outras similares) e de natureza profissional em nível internacional ou europeu (UIA, DOCOMOMO, Conselho dos Arquitetos da Europa – CAE – e outras similares), envidar esforços para a ratificação e promoção dos princípios básicos do profissionalismo contidos no Acordo sobre Padrões Internacionais de Profissionalismo Recomendados na Prática da Arquitetura, adotados pela União Internacional dos Arquitetos (UIA), unir esforços para a ratificação e promoção dos critérios consistentes de qualificação profissional e de programas de ensino baseados em padrões internacionais, como constantes na Carta para a Formação dos Arquitetos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura e União Internacional de Arquitetos (UNESCO/UIA), incentivar a troca de conhecimentos por meio de publicações, de seminários, de exposições, de conferências e de programas de intercâmbio, desenvolver ações políticas para influenciar formadores de opinião e elaboradores de políticas, para que criem melhores normas e condições para a disseminação da Arquitetura de qualidade relevante.

Os programas e ações de colaboração a serem desenvolvidos, serão objeto de convênios ou ajustes de cooperação específicos entre as partes que fixarão os direitos, deveres e contrapartidas inerentes. O uso da identidade visual e difusão institucional deverão ser acordados previamente entre ambas as partes. O documento foi assinado pelo Vice-Presidente do CAU BR, Anderson Fioreti de Menezes e por Catherine JACQUOT Presidente do CNOA/FR.

Para o Conselheiro Federal do Amapá, José Alberto Tostes, a assinatura do termo é um passo importante na perspectiva futura para a realização de trabalhos profissionais no Departamento Ultramarino da Guiana Francesa. Tostes, afirma que essa foi uma demanda realizada junto a Comissão de Relações Internacionais do CAU/BR.

 

Assessoria de Comunicação do CAU/AP

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: