Ministério da Defesa ajudará a recuperar o ‘trecho do meio’ da rodovia BR-319

De acordo com o governador José Melo, a BR-319 faz parte de um megaprojeto que está sendo compilado por especialistas

Ministro da Defesa da Colômbia discursou para os presentes. Foto: Bruno Zanardo/Secom-AM

O sonho de recuperação da BR-319 está prestes a ser concretizado. Desta vez, quem garante é o governo do Amazonas, com apoio do governo federal e de países vizinhos por meio dos Ministérios da Defesa. Uma ação conjunta internacional, que além de combater o narcotráfico nas fronteiras do Amazonas com a Colômbia, Peru e Venezuela, vai promover a recuperação total da BR-319, rodovia que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO), ou seja, liga o Amazonas ao restante do país.

O esforço conjunto, envolvendo o Exército Brasileiro, dará condições de concluir o trecho do meio, entre os quilômetros 250 e 655,7 (Manaus-Humaitá), com 400 quilômetros da rodovia hoje intransitável.
A iniciativa de combate ao narcotráfico também abrange a fronteira entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso Sul com Bolívia e Paraguai.

De acordo com o governador José Melo, a BR-319 faz parte de um megaprojeto que está sendo compilado por especialistas e será lançado pelo governo federal. Serão beneficiados os Estados que compõem a Amazônia, incluindo Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que hoje fazem parte da rota de entrada de drogas no país. “Nós só poderemos concluir a BR-319 com base no conceito integrado da Amazônia, olhando a preservação ambiental”, disse.

Segundo Melo, hoje a recuperação da BR-319 está adiantada, mas a intervenção do Exército Brasileiro é fundamental para a conclusão do trecho do meio. “No mesmo tempo que a mão pesada entra contra o tráfico de drogas, a mão amiga entra desenvolvendo as riquezas todas que o Amazonas tem e que o Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul também tem para gerar emprego, renda e qualidade de vida para a população”, salientou.

 

Leia mais no Portal Amazonia

Deixe uma resposta