Tatuada e poderosa: revelada a face da mulher que chefiou o Peru há 1,7 mil anos

Múmia foi encontrada em 2005, na região do Vale do Chicama, norte do país. Antropólogos acreditam que mulher era bastante poderosa, já que a tumba estava coberta por centenas de quilos de objetos valiosos; conheça a história

A tecnologia forense 3D tornou possível que o rosto de uma antiga matriarca pré-Inca, que governou o norte do Vale do Chicama , no Peru, há aproximadamente 1,7 mil anos, fosse finalmente revelado nesta terça-feira (4), em uma cerimônia no Museu de La Nación, em Lima.

Os arqueólogos recriaram as características faciais a partir dos restos mumificados e bem preservados da matriarca do Peru Pré-Hispânico, chamada de “La Señora de Cao”, em referência à localidade onde foi encontrada, ou “A Senhora Tatuada”, já que possuía vestígios de tatuagens de aranha e cobra no corpo.

“A tecnologia nos permite ver o rosto da governante político-religioso-cultural do passado”, afirmou o ministro da Cultura do Peru, Salvador del Solar, em uma cerimônia na sede do ministério, que ocorreu antes que a réplica fosse revelada.
Durante o processo de construção da face, os cientistas também observaram fotografias de mulheres que moram ao redor do sítio arqueológico de El Brujo, em Chicama, onde a múmia foi encontrada.

De acordo com os especialistas peruanos, a poderosa mulher teria morrido entre os 25 e 30 anos depois de um parto. Uma equipe de 30 profissionais de diferentes campos de atuação e de diversos países estava envolvida na recriação da imagem de La Señora de Cao.

Segundo os cientistas, para estabelecer as características da governadora ancestral com a tecnologia 3D , foram utilizados o crânio, a linha da testa, as maçãs do rosto e os dentes. Também foram realizadas as fotos dos moradores da região para que fosse o mais realista possível.

O Ministério da Cultura do país publicou mensagens e fotos da cerimônia da noite de ontem em suas redes sociais, afirmando que “fez-se luz à mulher mais importante da história dos Moches, graças à tecnologia”.
A importância desta “Señora”

Os restos mortais da “ Senhora Tatuada ” foram descobertos em 2005. No local, foram encontrados junto à múmia mais de 100 quilos de relíquias funerárias e objetos valiosos. Por isso, embora os arqueólogos ainda não tenham evidências claras sobre seu papel entre a cultura Moche, a descoberta de sua tumba traz indícios de que tenha sido governante ou, pelo menos, membro de uma família importante.

Durante a cerimônia, o ministro da cultura do Peru ainda destacou como a revelação do rosto da poderosa “ Señora de Cao ” poderá influenciar de maneira positiva o turismo na região norte do Peru. “É uma honra poder mostrar, não apenas para os peruanos, mas para mundo, o rosto desta mulher de 1,50 metros, mas com enorme significado – que pode ser comparado com o ‘Senhor de Sipán’. É um orgulho e uma notícia extraordinária”, disse Del Solar.

*Com informações da Agência Brasil e Ministério da Cultura
Fonte: Último Segundo – iG

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.