‘Não existe crise econômica no Brasil’, diz Michel Temer na Alemanha

Temer está no país para participar da Cúpula do G20, reunião entre os líderes das 20 maiores economias do mundo; hoje, participou da reunião do Brics

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou, nesta sexta-feira (7), ao chegar ao Hotel Grand Elysée Hamburg, em Hamburgo, na Alemanha, – onde participará da Cúpula do G20 – que ‘não existe crise econômica no Brasil’.

“Pode levantar os dados e você verá que nós estamos crescendo empregos, crescendo indústria, crescendo agronegócio. Lá não existe crise econômica ”, disse o presidente aos jornalistas que o recepcionaram.
Questionado sobre se a crise política não atrapalharia, ele negou com um gesto movendo o dedo indicador.
Mais tarde, ao discursar na reunião do Brics, bloco formado pelo Brasil, Rússia, India, China e África do Sul, Temer destacou que, com diálogo com a sociedade e o Congresso Nacional, o País está superando a chamada crise.
“O Brasil está superando uma das crises mais graves de sua história, graças a uma ambiciosa agenda de reformas que traz de volta o crescimento e o emprego. Diante de nossos problemas, escolhemos o caminho mais responsável, que construímos em constante interlocução com o Congresso Nacional e com o conjunto da sociedade”, disse o peemedebista.
“O Brics é espaço capaz de traduzir nossos esforços individuais em ganhos conjuntos. É exemplo do quanto se pode alcançar com disposição pragmática na busca de resultados tangíveis em favor do desenvolvimento, em favor do bem-estar de nossos povos”, acrescentou.

CCJ se opõe

Além disso, o presidente ressaltou,em seu discurso, a importância da cooperação entre os países que integram o Brics , aliança à qual o Brasil atribui alta prioridade.

“Vemos a cooperação intra-Brics como valioso instrumento para multiplicar oportunidades, não apenas na área financeira. Temos aqui também terreno fértil para cooperar nos campos do comércio, do investimento, da inovação, ciência e tecnologia”.

Expectativa para o G20

Sobre o G20, o presidente afirmou estar aguardando discussões sobre o meio ambiente. “Alguns temas fundamentais para os países componentes do grupo serão debatidos, entre eles o meio ambiente”, disse Michel Temer .

Apesar de negar uma crise econômica, Temer não tem como dizer que não há uma crise política no País. Afinal, ele foi até denunciado formalmente, sendo o primeiro presidente brasileiro a ser denunciado durante o exercício do cargo. Na semana passada, o peemedebista chegou a cancelar sua participação no G20, mas reavaliou a decisão na segunda-feira. a fim de transmitir uma imagem de normalidade institucional.

* Com informações da Agência Brasil.
Fonte: Último Segundo – iG

 

 

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: