AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Brasil conquista primeiro lugar em competição de astronomia e astronáutica

Olha o talento brasileiro fazendo bonito por aí: a equipe tupiniquim conquistou o primeiro lugar na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA), evento que reúne anualmente professores e alunos do ensino médio na América Latina para participar de atividades com provas de conhecimento. A 9ª edição contou com 50 estudantes de Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru e Uruguai e aconteceu entre os dias 8 e 14 de outubro, na cidade de Antofagasta, no Chile, onde nossa delegação ganhou 4 medalhas de ouro e 1 de prata.

Destaque Miriam Harumi Koga já é candidata a 9 universidades estadunidenses, incluindo Stanford, Harvard e MIT. “Estou muito contente com essa conquista! No início do ano, quase desisti de participar da OLAA, porque achava que não daria conta de me preparar para a competição no mesmo momento em que estaria focada no vestibular e em preparação para ingressar em uma faculdade americana”, comentou ao Globo um dos destaques do grupo, a jovem de 17 anos Miriam Harumi Koga, moradora de Guarulhos (SP) que ficou com um dos primeiros lugares no pódio e é candidata a 9 universidades estadunidenses, incluindo Stanford, Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (ou Massachusetts Institute of Technology — MIT.

Entre os outros vencedores brazucas estão Bruno Caixeta Piazza (Campinas/SP), Fernando Ribeiro de Senna (Jundiaí/SP), Henrique Barbosa de Oliveira (Valinhos/SP), todos com o ouro, e Danilo Bissoli Apendino (São Paulo/SP), com a prata. E os canarinhos costumam se dar bem na OLAA: em 9 edições foram 26 ouros, 15 pratas e 4 bronzes.

Veja íntegra no TecMundo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: