Educa

Vigilância Sanitária fiscaliza estabelecimentos comerciais no bairro Marabaixo

A Vigilância Sanitária do Município executa em toda a capital trabalho de busca ativa de empreendimentos comerciais que não possuem a licença para funcionamento, com objetivo de que os proprietários se regularizem junto ao órgão. Nesta quarta-feira, 25, fiscais estiveram no bairro Marabaixo, onde fizeram vistoria em 23 estabelecimentos, como mercantis e padarias.

 

Todos foram notificados por não apresentar a licença sanitária, documento indispensável para o funcionamento, e por precisar fazer adequações quanto à higiene, manipulação de alimentos e na estrutura física. “Esse é um trabalho que será desenvolvido em todos os bairros, a fim de proteger a saúde do consumidor, assegurando que os estabelecimentos atendam as normas estabelecidas”, informou a diretora da Divisão de Fiscalização e Controle de Alimentos, Martiana Barros.

 

Na ação, também foram feitas duas apreensões de produtos vencidos, que, se comercializados, poderiam causar danos à saúde. O destino final desses alimentos foi o aterro sanitário, por se tratar de materiais impróprios para o consumo. Os proprietários tem prazo de 10 dias para procurar a Vigilância e dar entrada ao processo de licenciamento. Após esse período, se persistir as irregularidades, o estabelecimento é notificado, podendo receber o interdito sanitário.

 

Jamile Moreira

Assessora de comunicação/Semsa

Contato: 99135-6508

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: