AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Professores de Macapá participam de passeio “Nas Trilhas da Inclusão”

Um passeio de emoção, obstáculos, descobertas e muita reflexão. Assim foi o encontro dos professores e pedagogos que trabalham a educação especial na rede de ensino municipal de Macapá, na sexta-feira, 24, denominado “Nas Trilhas da Inclusão”, realizado pela Divisão de Ensino Educacional Especializado (Diees) da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O passeio teve início na Praça Floriano Peixoto, com a roda cultural, com os professores de licenciatura da Unifap, Marlon e Débora Mendes (casal), onde cantaram canções e refletiram sobre a missão, que é educar. “Este ano, buscamos uma forma diferente para o encontro dos profissionais que trabalham a educação especial. Quisemos proporcionar uma aventura, não só na parte prática, como na reflexiva, com muito carinho e dedicação a eles, que tanto se doam para desenvolver um trabalho criativo e atrativo para seus alunos”, ressaltou a chefe da Diees, Sara Costa.

Os professores seguiram para o Parque Zoobotânico, onde foi montado um percurso de trilhas, com dinâmicas, histórias e reflexão. Tiveram também direito a massagem e um saudável lanche. Um dos pontos de reflexão foi com a mestranda da Unifap, Michele Silva, que conversou com os professores, comparando a trilha ao trabalho que estes têm em sala de aula, os obstáculos que enfrentam, a busca pela motivação, a capacidade de se superar.

Para a professora Hérica Rabelo, da Escola Ana Maria Ramos, no bairro Zerão, que trabalha com aproximadamente 33 alunos da educação especial, o momento serviu para renovar as forças, encontrar com colegas e conhecer outros, além de curtir uma linda paisagem. “Trabalho como professora há 10 anos, 8 deles na educação especial. Em cada parada que tivemos aqui nos proporcionou uma reflexão sobre nosso dia a dia, as dificuldades do trabalho com a inclusão. Vimos também o quanto é difícil para nossos alunos, o que tem que superar para irem à escola, para se adaptar e o quanto é importante termos incentivo, tivemos que trabalhar em grupo aqui para conseguir completar um trecho da trilha, fundamental tudo isso para a vida”.

A professora Ione Freitas, da Escola Moranguinho, destacou que o momento foi um bom antiestresse, saindo da rotina. “Hoje senti na pele como meus alunos vivem o dia a dia, o quanto eles têm que enfrentar de obstáculos, barreiras, e vi o quanto sou importante para eles nesta superação. Um dia maravilhoso foi hoje”.

Pérola Pedrosa

Assessoria Comunicação/Semed

Fotos: Rui Brandão

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: