Educa

Os melhores programas de estágio, segundo o CIEE

Estudo avalia satisfação dos jovens profissionais nas empresas brasileiras

As atividades de estágio contribuem para sua formação cultural e social?”, “A empresa investe no seu crescimento profissional?”, “Você sente que faz parte de uma equipe?”. Estas foram algumas das perguntas que 3.841 estagiários de empresas brasileiras responderam em um levantamento realizado pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) em parceria com a ABRH-SP (Associação Brasileira de Recursos Humanos).

O estudo avaliou aspectos de programas de estágios no Brasil em instituições públicas e privadas e tinha entre seus objetivos mapear o que faz um estagiário mais ou menos feliz. Participaram da avaliação 409 empresas de 19 estados, que somavam mais de 37 mil estagiários. Um diferencial do levantamento foi ouvir estudantes do ensino médio e técnico – e não somente aqueles que estão na graduação.

Os resultados foram apresentados em evento realizado nesta quinta-feira (05/04), em São Paulo. No total, 16 empresas saíram vencedoras nenhuma multinacional entre elas. Cabal Brasil, de Brasília, Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (BA) e o SESI (SP) foram as campeãs entre as empresas privadas com mais de 41 estagiários. Entre as públicas com mais de 61 estagiários em seu quadro de funcionários, venceram Ministério Público do Estado do Amapá, Município de Santo André e a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), de Natal.

“As empresas vencedoras valorizam muito o estagiário. Fazem com que ele se sinta feliz e envolvido no dia a dia. Há uma vontade clara de formar esse jovem”, disse Maria Auxiliadora Paré, supervisora de planejamento e controle de Atendimento do CIEE à Época NEGÓCIOS.

Saiba mais no site Época Negócios

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: