OMS quer usar vacina experimental contra Ebola para conter surto na RDC

Organização espera que a República Democrática do Congo dê sinal verde dentro de dias para o uso da vacina

Genebra – A Organização Mundial da Saúde (OMS) está se preparando para o pior dos cenários em um surto de Ebola em uma área remota do Congo, incluindo a disseminação da doença em uma grande cidade, disse o vice-diretor-geral de Prontidão e Reação de Emergências da OMS, Peter Salama, nesta sexta-feira.

Em um informe de rotina em Genebra, Salama disse que espera que a República Democrática do Congo dê sinal verde dentro de dias para o uso de uma vacina experimental, mas alertou que o medicamento é de difícil manuseio e não faz milagres.

“Todos os preparativos estão sendo feitos. Assim que tivermos o sinal verde, iremos adiante”, disse Salama. “Estamos muito preocupados e nos preparando para todos os cenários, inclusive o pior cenário”.

O risco imediato é o surto se alastrar para a capital provincial Mbandaka, que tem cerca de 1 milhão de habitantes.

“Se virmos uma cidade deste tamanho infectada com Ebola, teremos um grande surto urbano, o que será um verdadeiro desafio”, disse. “Quando o Ebola chega a áreas urbanas, especialmente favelas urbanas, é extremamente difícil se livrar da doença”.

Saiba mais no site Exame

Deixe uma resposta