Universidade amplia número de polos em Educação à Distância nos interiores

Quatro novos polos para ensino de graduação e pós-graduação à distância tiveram sua implantação autorizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC). A abertura foi solicitada pela Universidade Federal do Amapá (Unifap), via Departamento de Educação à Distância, com a parceria das Prefeituras dos municípios, que são as responsáveis por garantir a estrutura física de salas de aula e laboratórios, além da manutenção dos espaços.

Os polos de Educação à Distância (EaD) devem ter uma estrutura mínima com biblioteca, computadores, laboratórios e serem espaços onde esses alunos possam fazer, por exemplo, as provas presenciais. Após a autorização de abertura, representantes da Capes virão ao Amapá para verificar se os locais onde irão funcionar os espaços Ead da Unifap nos municípios atendem ao padrão mínimo exigido.

A estimativa é de que a Unifap passe a atender mais de 1000 alunos no interior com a abertura dos novos polos em EaD. Os municípios atendidos pela Unifap em EaD, a partir de 2019, serão: Amapá, Porto Grande, Serra do Navio e Pedra Branca. Oiapoque, Vitória do Jari, Santana e Macapá já contam com polos em suas sedes.  O diretor do Departamento de Educação à Distância (DEaD) da Unifap, André Leite, adianta que a instituição mantém diálogos com as prefeituras de outros municípios para ampliar o atendimento no interior
.
Nesse processo, é necessário que haja o comprometimento das partes. A Universidade fornece o ensino, e as prefeituras espaços para funcionamento adequado, de acordo com o preconizado pela Capes. “Nós atenderemos metade dos municípios do estado do Amapá com o sistema EaD para graduação e pós-graduação. Um grande avanço para a sociedade e o fortalecimento do ensino à distância no interior”, ressalta André Leite.  Os processos seletivos em EaD previstos para os novos polos devem ocorrer no primeiro semestre de 2019.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.