Apple, Samsung e outras fabricantes também acessavam seus dados do Facebook

Douglas Ciriaco

A bola de neve de compartilhamento de dados privados com corporações a partir do Facebook não para de crescer. A mais recente novidade nesse sentido vem de uma reportagem do New York Times que acusa a rede social de compartilhar informações privadas de amigos de usuários com mais de 60 fabricantes de dispositivos.

Com isso, empresas como Apple, Samsung, Microsoft, Amazon e BlackBerry, para ficar apenas em algumas mais famosas, receberam “acesso profundo” a informações de pessoas que participam da plataforma criada por Mark Zuckerberg. A coleta era feita por meio de APIs lançadas pelo Facebook há 10 anos para que cada fabricante criasse a sua própria versão do app da rede social.

“O Facebook permitiu que as fabricantes de dispositivos acessassem dados de amigos de usuários sem o seu consentimento explícito, mesmo após declarar que não mais compartilhava esse tipo de informação com companhias de fora”, informa a publicação. “Algumas fabricantes podiam obter informação pessoal mesmo de amigos de usuários que acreditavam ter barrado qualquer compartilhamento”, complementa.

API criada pelo Facebook permitia que empresas criassem apps que driblava bloqueios do usuário para coletar informações de forma não consentida, acusa NYT

Ainda segundo o NYT, as empresas envolvidas fecharam em 2011 um acordo com a Comissão Federal de Negócios (FTC), que regulamenta o mercado nos EUA. Porém, o compartilhamento de informações privadas continuou mesmo após essa negociação.

Entre os dados estavam coisas como status de relacionamento, eventos e tendências políticas religiosas de usuários, amigos e amigos de amigos. A prática, ao que tudo indica, é semelhante à do caso da Cambridge Analytica: um app tem acesso às informações de alguém e, de forma não consentida, passa a obter também dados de amigos e de amigos de amigos.

Saiba mais no Tecmundo

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.