Ambientalistas entregam manifesto por ar limpo à procuradora Raquel Dodge

O Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) entregou nesta terça-feira, 23, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, um “Manifesto por ar limpo”, assinado por dezenas de entidades ambientalistas. Trata-se de um pedido por uma revisão eficaz da resolução Conama 03/1990, que, de acordo com os ambientalistas, está defasada em relação às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a proteção da qualidade do ar no Brasil.

O documento é assinado também pela Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa), que congrega os promotores e procuradores do setor no País.

De acordo com o Proam, a minuta de revisão da resolução 03/90, que tramita no Conama e poderá ser votada no próximo dia 30, sugere valores de poluição do ar com o dobro da recomendação da OMS, permite agregar mais poluição por meio de licenciamento ambiental em áreas já saturadas, não prevê níveis de alerta adequados e não tem mecanismos para informar adequadamente a população sobre os riscos que corre.

Veja mais no Estado de Minas

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: