AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Gravidez: o que pode e o que não pode em termos de exercícios e cosméticos

Especialistas listam cuidados para uma gestação tranquila

A publicitária Thaiz Albuquerque, de 30 anos, anda às voltas com os cuidados do filho Vicente, de 2 meses, uma mudança de cidade e um enorme desejo de retomar uma atividade corriqueira na rotina de quando estava grávida: os exercícios físicos.

— Quando você está praticando atividades, um círculo vicioso do bem acontece, você começa a se alimentar melhor, a pensar mais na saúde. Falo isso todo dia: “tenho que voltar” — diz ela, que, antes de engravidar, era adepta do crossfit , mas o trocou por musculação e treinos aeróbicos leves nos nove meses.

Thaiz faz parte de um grupo de mulheres que entendeu que malhar na gravidez é uma boa forma de cuidar da saúde dela e do bebê e, de quebra, da autoestima. Com moderação e acompanhamento de profissionais, os benefícios são maiores que os malefícios.

Veja mais no O Globo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: