Educa

Um roteiro por uma das regiões menos visitadas do Brasil

Roteiros que desbravam a natureza, a cultura e o povo brasileiro estão cada vez mais atrativos e surpreendentes. Com a busca por experiências diferentes e únicas, o interior do Brasil tem se tornado o destino de muitos viajantes, revelando surpresas deliciosas, que vão das paisagens únicas à culinária típica.

Confira essas quatro viagens para você descobrir o interior do Brasil em novembro:

Macapá e Oiapoque, Amapá (28 de outubro a 11 de novembro)
Um roteiro por uma das regiões menos visitadas do Brasil, a cidade de Oiapoque, no extremo norte do pais, fronteira com a Guyana Francesa, convida os viajantes a descobrirem os encantos da região Amazônica do Amapá e viverem experiências incríveis de conexão com a natureza e as comunidades locais.

A viagem inclui uma visita ao Museu Indígena Kuahí e ao Parque Arqueológico do Solstício, um sítio arqueológico de arte rupestre que abriga o Observatório Astronômico de Calçoene, conhecido como o “Stonehenge da Amazônia”. No maior Parque Nacional do Brasil, o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, os viajantes poderão navegar, tomar banho de rio, acampar e fazer trilhas.

Alter do Chão, Pará (15 a 19 de novembro)
Navegando à bordo de um confortável barco com cabines privativas pelos surpreendentes rios Tapajós e Arapiuns, os viajantes têm a oportunidade de conhecer uma Amazônia diferente, com paisagens belíssimas e locais ainda pouco visitados.

O destino final é a vila de Alter do Chão, que ficou conhecida como o Caribe da Amazônia, pelas diversas prainhas de rio que surgem na época de vazante do Rio Tapajós. Mas o roteiro também inclui visita à Floresta Nacional do Tapajós, uma Unidade de Conservação com mais de 500 mil hectares, encontros com comunidades locais e artesanatos típicos feitos com a palha de Tucumã, avistamento de botos, trilhas pela floresta e muitos banhos de rio.

Veja íntegra no Catraca Livre

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: