Educa

Crescem notificações de dengue no Tocantins

O Governo do Tocantins alerta para o aumento de notificações de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti no início deste ano.


Aumentou em mais de 340% os casos notificados de dengue neste início de ano em relação ao mesmo período do ano passado.


De acordo com a Gerência de Vigilância Epidemiológica das Arboviroses, em janeiro de 2018, foram notificados no Tocantins 382 casos de dengue. Já em 2019, nos primeiros 19 dias, foram contabilizados quase 1,7 mil casos.


Diante deste cenário, a Secretaria de Saúde do Estado alerta para o risco de transmissão de chikungunya, dengue e zika, durante o período de chuvas.


Para prevenir essas doenças e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti a orientação é eliminar água armazenada em locais que possam se tornar possíveis criadouros, como vasos de plantas, pneus, garrafas retornáveis e calhas.


As doenças transmitidas pelo Aedes se tornaram, nos últimos tempos, um grande problema de saúde pública.


No caso da dengue, sua forma mais complicada é a dengue hemorrágica. A chikungunya pode deixar sequelas e a zika pode trazer complicações neurológicas em casos mais graves.


Diante do aumento dos casos notificados, a Secretaria da Saúde está disponibilizando carros fumacê para aplicação do inseticida nas regiões com alto índice da circulação viral nos municípios de Palmas e Porto Nacional.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.