Educa

Rede Voa: alunas da UnB desenvolvem projeto de apoio a mães universitárias

Não é fácil ser mãe e universitária ao mesmo tempo!!!

Os filhos exigem cuidados com a saúde, carinho, atenção. O curso superior exige dedicação aos estudos, livros e provas. Muitas estudantes, que não têm apoio para essa fase da vida, acabam trancando o curso.


Duas alunas do curso de psicologia da Universidade de Brasília desenvolveram um projeto para que essas mulheres não desistam de seus ideais: o Rede Voa. A ideia é oferecer uma espécie de creche com atividades pedagógicas para os filhos das universitárias.

No entanto, as idealizadoras do Rede Voa ainda não encontraram apoio da UnB para a iniciativa sair do papel. Elas  não tem um espaço para abrigar o sonho de ajudar as  mães universitárias, como nos conta, Kelly Regin, do sexto semestre de psicologia.

Apesar do Rede Voa ser apenas um projeto, 47 voluntárias já se inscreveram para ajudar, sendo que 10 são mães.

Uma delas é Egly Meyer, de 31 anos, que faz especialização em políticas públicas na UnB e acha a iniciativa fundamental para as mulheres.

Em nota, a UnB afirmou que o projeto das estudantes de psicologia não está registrado junto ao Decanato de Extensão para que a proposta receba patrocínio.

Informou ainda que apoia mais de 450 projetos e programas da instituição, em diversas áreas, e com grande impacto na comunidade interna e externa.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.