Educa

Secretária de Educação Básica deixa o MEC

Entre as motivações de Tania Leme, estariam o fato de não ter sido consultada sobre a suspensão de alfabetização no Saeb 2019

Laís Semis

A semana abre com mais uma baixa no Ministério da Educação (MEC). Quem deixa a cadeira agora é Tania Leme de Almeida, secretária de Educação Básica. Sua saída ainda não foi oficializada. Tania era docente do Ensino Superior e vinha da equipe do Centro Paula Souza – bem como Luiz Tozi, que a indicou para o cargo. Tozi deixou a secretaria-executiva do MEC no último dia 12.

Diferente de Tozi que foi demitido, Tania pediu demissão da pasta. De acordo com informações da Folha de São Paulo, a secretária havia pedido demissão na semana anterior, mas o ministro Ricardo Vélez a teria convencido a ficar. O fato de não ter sido consultada sobre a suspensão da avaliação do ciclo de alfabetização pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), entretanto, teria reacendido a vontade de deixar o ministério e culminado no pedido de demissão por parte de Tania.

A suspensão da avaliação para o ciclo de alfabetização foi publicada no Diário Oficial no último dia 22. De acordo com a portaria nº 271, apenas Educação Infantil, 5º e 9º anos do Fundamental e 3º ano do Médio estariam contemplados na avaliação externa. O Instituto Nacional de Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Saeb, justificou que a suspensão da avaliação do ciclo de alfabetização se daria pelo momento de implementação da Base Nacional Comum Curricular, que muda a avaliação do 3º para o 2º ano do Fundamental entre 2018 e o início de 2020.

Nova Escola

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: